Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

(X)

Brasil

Pesquisadora da USP vira alvo de lulistas após acusações contra Daniela Lima e Janja: “Só param quando me matar”

A pesquisadora Michele Prado, que atuava no Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP), lamentou os ataques que tem sofrido de grupos de esquerda apoiadores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A situação começou após corrigir informações sobre uma pesquisa relatada pela apresentadora da GloboNews, Daniela Lima. Além disso, Prado afirmou que a primeira-dama Janja estaria envolvida na criação de uma “milícia digital” mais “nociva” do que o suposto gabinete do ódio dos bolsonaristas. (Saiba mais aqui).

Segundo Prado, ela foi demitida do Núcleo de Estudos da Violência da USP após corrigir a apresentadora da GloboNews, Daniela Lima, sobre uma pesquisa sobre fake news. A pesquisadora alega que, antes da demissão, recebeu duas mensagens de insulto de Daniela Lima em seu WhatsApp, o que ela descreveu como “assédio moral”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Prado afirma que virou alvo nas redes sociais após “corrigir” dados de uma pesquisa envolvendo as enchentes no Rio Grande do Sul e o sentimento da população na internet. Na pesquisa, o ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência, Paulo Pimenta, afirmava que as fake news estavam atrapalhando o trabalho de resgate das vítimas das enchentes no RS.

“Um monte de gente cometendo crime de cyberbullying contra uma pessoa. Mas esse cyberbullying quando vem da esquerda é socialmente aceito. Até quando?”, reclamou Michele Prado em seu X [antigo Twitter].

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Em uma publicação na qual Pimenta falava que “o número de fake news correndo as redes sociais quadruplicou desde o início da tragédia no Rio Grande do Sul” e acusava a extrema-direita pela disseminação das notícias falsas, Michele Prado comentou: “Qual estudo, ministro?”.

Sobre a pesquisa, Michele classificou como incorreto o dado de que 31% dos discursos com sentimentos antigovernamentais e anti-institucionais sejam desinformação, como divulgado em alguns veículos de comunicação.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“Esse pessoal só vai parar quando eu me matar”, escreveu a pesquisadora em seu X [antigo Twitter]. Na mesma rede social, após dar publicidade à “correção”, ela anunciou ter sido desligada do grupo de pesquisas sobre extremismo do qual participava.

Pesquisadora Michele Prado

“Amigos, informo a todos que a partir de hoje continuo meu trabalho de pesquisa e prevenção/combate aos extremismos de forma independente pois fui desligada, hoje pela manhã, do grupo de pesquisa da USP no qual muito aprendi durante o último ano”, escreveu.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Caso você tenha pensamentos suicidas, procure ajuda especializada como o CVV (www.cvv.org.br) e os Caps (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade. O CVV funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Política

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei 1099/24, que institui o Cadastro Nacional de Pessoas Condenadas por Violência contra a...

câmara câmara

Política

Em uma sessão marcada por debates acalorados, a Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (12) o Projeto de Resolução 32/24, que cria novas regras...

Em derrota para Lula, Congresso mantém veto de Bolsonaro a lei que criminaliza “fake news” Em derrota para Lula, Congresso mantém veto de Bolsonaro a lei que criminaliza “fake news”

Política

Em uma sessão rápida e simbólica, sem a contabilização formal dos votos, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira o requerimento de...

RESUMO DO DIA

Dolar: 5,40 Euro: 5,84 ✅CCJ Da Câmara Aprova PEC Que Criminaliza Posse E Porte De Qualquer Quantidade De Droga CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO...

Mauro Cid Mauro Cid

Política

O ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, tenente-coronel Mauro Cid, e seu pai, o general Lourena Cid, foram intimados a depor novamente na Polícia Federal...

Alexandre de Moraes Alexandre de Moraes

Justiça

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, ironizou um momento apontado como “socialista” da Corte durante o julgamento que discute uma...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

cachorro

São Paulo

Na tarde desta quarta-feira (12), após debates intensos em plenário, os deputados da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovaram o projeto de lei...

Últimas Notícias

O governo dos Estados Unidos divulgou informações que contradizem a versão apresentada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), sobre a...

stf stf

Brasil

Uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) garantiu que a União seja responsável pelo custeio de um medicamento avaliado em R$ 17 milhões para...

dólares doação dólares doação

São Paulo

Um morador de Santos, no litoral de São Paulo, fez uma doação inesperada ao enviar US$ 10 mil em espécie dentro de uma mala...

polícia civil polícia civil

Sem categoria

Uma oficina mecânica em Carapicuíba foi flagrada em um esquema de fraude que envolvia a substituição de peças originais de carros esportivos e de...

tornozeleiras eletrônicas tornozeleiras eletrônicas

São Paulo

Nesta quarta-feira (12), o governo de São Paulo lançou um edital para aquisição de mil tornozeleiras eletrônicas, marcando a expansão do programa de monitoramento...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit