CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após 171 dias presos no Paraguai, Ronaldinho Gaúcho e Roberto Assis voltam ao Brasil na tarde desta terça-feira (25). Os dois fretaram um voo que recebeu autorização para deixar Assunção às 11h da manhã. A previsão que chegue no Rio de Janeiro aproximadamente às 15h. A informação e do R7.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ex-jogador e o irmão foram liberados em audiência preliminar nesta segunda-feira (24), após os Ministério Público do Paraguai concluir que poderiam deixar o país, mas teriam de pagar multas para ‘reparar’ danos ao estado e terem residência fixa. De acordo com o site, os irmão vão morar em uma casa em condomínio na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

Mesmo com a libertação, ambos foram condenados e tiveram a condenação suspensa pelo juiz de garantias Gustavo Amarilla Arnica. Ronaldinho pagou multa de aproximadamente R$ 502 mil e terá liberdade condicional de um ano. Assis terá de desembolsar cerca de R$ 613 mil e o tempo de condicional é de dois anos.

A quantia será debitada dos cerca de R$ 9 milhões que a dupla depositou como garantia da fiança quando conseguiram prisão domicialiar. 

Os valores são diferentes, porque a Justiça concluiu que Ronaldinho não tinha conhecimento das falsificações de documentos, mas Assis sabia. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE