Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Governo 650 mil pessoas devolver Auxílio Emergencial
Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

Auxílio Emergencial

Auxílio Emergencial recebido indevidamente poderá ser devolvido em até 60 parcelas

Decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quarta-feira (9) regulamenta o procedimento para devolução de recursos dos benefícios do Auxílio Emergencial recebidos de forma indevida. A medida vale quando for constatada irregularidade ou erro material na concessão, manutenção ou revisão do benefício.

Pelas regras do novo decreto, o beneficiário que tiver recebido indevidamente o auxílio emergencial poderá ser notificado por meio eletrônico, por mensagem encaminhada por telefone celular, pelos canais digitais dos bancos, correio, pessoalmente ou por edital para devolução dos valores.  

A partir da notificação, o beneficiário poderá optar pelo pagamento à vista ou em até 60 parcelas mensais. O valor das parcelas não será inferior ao valor mínimo estabelecido para a emissão da Guia de Recolhimento da União – GRU Cobrança. O beneficiário ficará dispensado do ressarcimento à União se o valor total devido for igual ou inferior ao valor mínimo estabelecido para emitir a GRU Cobrança.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O decreto estabelece que o parcelamento do débito pelo beneficiário implicará confissão do valor a ser ressarcido, renúncia expressa da interposição de recursos e desistência daqueles que eventualmente tenham sido interpostos. O beneficiário que não efetuar o pagamento de três parcelas, consecutivas ou alternadas, terá o parcelamento cancelado e será considerado inadimplente.

Cobrança extrajudicial

Se o beneficiário não restituir voluntariamente os valores devidos, será efetuada a cobrança extrajudicial. Somente serão cobrados os valores devidos se o beneficiário tiver renda familiar mensal per capita superior a meio salário mínimo ou renda mensal familiar superior a três salários mínimos.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Se discordar da cobrança, o beneficiário poderá apresentar defesa no prazo de 30 dias da notificação. Da decisão administrativa que julgar improcedente a defesa apresentada pelo beneficiário, caberá recurso no prazo de mais 30 dias.

O beneficiário será considerado inadimplente caso, após 60 dias da ciência da notificação, não efetue o pagamento, não solicite o parcelamento do débito ou não apresente defesa. Ainda segundo o decreto, o beneficiário inadimplente será inscrito na dívida ativa da União.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Custo

O Ministério da Cidadania estimou que a cobrança dos valores deverá custar R$ 21,8 milhões ao longo de 2022, 2023 e 2024. Os valores serão usados na contratação de serviços de tecnologia da informação para levantamento de dados de renda familiar e per capita, na realização de notificação eletrônica, correspondências e carta registrada com aviso de recebimento (AR); e em parceria com os Correios para garantir os direitos de ampla defesa e de recurso a pessoas vulneráveis, sem acesso aos meios digitais, que serão atendidas pelo Balcão do Cidadão.

O Auxílio Emergencial foi criado em 2020 para apoiar os trabalhadores informais que ficaram sem renda em meio a pandemia. O programa se estendeu até o final do ano passado, quando foi encerrado.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Lula Paulo Freire

Política

Durante entrevista à Rádio Meio FM, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou na manhã desta quinta-feira (21) que a proibição de...

Polícia prende mãe e irmão de 'ex-sinhazinha' achada morta Polícia prende mãe e irmão de 'ex-sinhazinha' achada morta

Brasil

A Polícia Civil do Amazonas concluiu o inquérito investigativo sobre o Caso Djidja, resultando no indiciamento de 11 pessoas envolvidas em atividades ilícitas relacionadas...

Brasil

Nesta sexta-feira (21), uma densa nuvem de fumaça escura surpreendeu os arredores do Congresso Nacional, em Brasília. De acordo com informações do Corpo de...

Política

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que a anulação do leilão do arroz se deu porque houve uma “falcatrua numa empresa”....

Kim Jong Un e Putin Kim Jong Un e Putin

Últimas Notícias

O presidente Vladimir V. Putin, da Rússia, advertiu diretamente os Estados Unidos e seus aliados que está disposto a armar a Coreia do Norte...

Desembargador Desembargador

São Paulo

O Desembargador Ivo de Almeida, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), foi afastado do cargo por um ano pelo Superior Tribunal de...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

MACONHA - CCJ da Câmara pode votar nesta terça PEC que criminaliza posse ou porte de qualquer droga

Brasil

Na quinta-feira (20), a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado de São Paulo (FICCO/SP), em colaboração com equipes do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR),...

Brasil

A prefeitura de São Paulo instalou grades de ferro na “cracolândia”, região central da cidade, delimitando o espaço dos usuários de drogas. Segundo a...

caminhão-tanque Petrobras caminhão-tanque Petrobras

Brasil

Um caminhão-tanque da Petrobras, carregado com gás, explodiu na manhã desta sexta-feira (21) em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Até...

Brasil

Um grave acidente na BR-262, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na manhã desta sexta-feira (21), deixou um morto e um ferido....

PF PF

Brasil

Em uma ação coordenada nesta sexta-feira (21), a Polícia Federal deflagrou a Operação Inocência Protegida, visando interromper crimes de armazenamento e compartilhamento de conteúdo...

PF Polícia Federal PF Polícia Federal

Brasil

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (21) a Operação Harpócrates VI, que visa reprimir a exploração sexual infantojuvenil na região do Rio Grande do...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit