Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Imagem: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Governo

Trabalhadores no RS poderão receber dois salários mínimos em medida de apoio após enchentes. Confira as regras

O governo federal anunciou uma nova medida para evitar demissões em empresas afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul.

A iniciativa prevê que o governo cobrirá parte dos salários de trabalhadores formais durante dois meses. Em troca, as empresas beneficiadas não poderão demitir funcionários nos dois meses seguintes ao período de pagamento.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A medida será detalhada em uma medida provisória assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quinta-feira (6/6) durante visita ao estado. O documento deve ser publicado no Diário Oficial da União nos próximos dias.

O governo estima que o benefício poderá alcançar até 430 mil trabalhadores, com um custo de R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“As empresas solicitavam uma contribuição para a manutenção do emprego. O governo federal, liderado pelo presidente Lula, desenvolveu um programa que apoia as empresas e preserva os empregos”, afirmou o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho.

O auxílio financeiro será pago em duas parcelas de um salário mínimo (R$ 1.412) cada, em julho e agosto. Para ter direito ao benefício, as empresas precisam estar localizadas na área identificada como “mancha de inundação” por imagens de satélite e aderir à iniciativa do governo.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Em contrapartida, as empresas devem manter os empregados pelos próximos quatro meses — dois durante os quais a União cobrirá o salário e mais dois subsequentes. Dessa forma, os funcionários terão emprego garantido até outubro.

Os trabalhadores contemplados são:

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

– Trabalhadores formais (326.086)
– Trabalhadores domésticos (40.363)
– Estagiários (36.584)
– Pescadores artesanais (27.220)

No entanto, o governador Eduardo Leite (PSDB) havia solicitado uma ação mais abrangente. O pedido feito a Lula, na quarta-feira (5/6), seguia o modelo adotado durante a pandemia de Covid-19 pela Lei nº 14.437, aplicável em situações de calamidade pública.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Uma proposta semelhante foi apresentada ao vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) pelo presidente em exercício da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Arildo Bennech, em 17 de maio.

A lei aplicada durante a pandemia permitia a suspensão temporária dos contratos de trabalho e o pagamento de um benefício emergencial mensal, possibilitando a redução da jornada de trabalho e, consequentemente, do salário.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Leite também expressou preocupação com a arrecadação das empresas do estado, prevendo um impacto de R$ 6 bilhões a R$ 10 bilhões, “que precisariam ser sustentados pela União, como foi na pandemia”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Mundo

Três pessoas morreram e 10 ficaram feridas em um tiroteio em um supermercado em Fordyce, no Arkansas (EUA). A informação foi dada pela Polícia...

Brasil

Professores de ao menos 25 universidades federais encerraram a greve iniciada em meados de abril, de acordo com apuração da Agência Brasil. O prazo...

Alexandre de Moraes Alexandre de Moraes

Justiça

Nesta sexta-feira (21), o congressista republicano Chris Smith enviou uma carta ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, exigindo esclarecimentos sobre...

Juscelino Filho - Polícia Federal indicia ministro de Lula por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa Juscelino Filho - Polícia Federal indicia ministro de Lula por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa

Política

Nesta sexta-feira (21), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que está “feliz” com a atuação do ministro das Comunicações, Juscelino Filho...

Política

A deputada federal Sâmia Bomfim (PSol-SP) apresentou dois projetos de lei para dificultar a possibilidade de médicos e outros profissionais de saúde se recusarem a...

STF STF

Justiça

O Supremo Tribunal Federal (STF) retomou nesta sexta-feira (21), em Brasília, a discussão sobre o atendimento de pessoas transexuais no Sistema Único de Saúde...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

São Paulo

Uma mulher de 46 anos foi presa em flagrante na quinta-feira (20) transportando 25 kg de crack na Rodovia Anhanguera, em Americana, no interior...

São Paulo

A Polícia Civil deflagrou uma grande operação contra roubos e furtos de veículos entre os dias 19 e 20 de junho, no litoral de...

Parque Nacional do Itatiaia Parque Nacional do Itatiaia

Brasil

O Ministério Público Federal (MPF) recebeu ao longo desta semana vinte representações sobre o incêndio no Parque Nacional do Itatiaia (PNI), iniciado na sexta-feira,...

prostituta prostituta

Brasil

Na manhã desta sexta-feira (21), um homem de 29 anos foi detido e levado para a Central de Flagrantes em Salvador após contratar uma...

Operação Pseudônimo Operação Pseudônimo

Brasil

Uma ação conjunta do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e da Polícia Civil (PCERJ) resultou na prisão de cinco integrantes de uma...

Motorista de BRT Motorista de BRT

Brasil

Um trágico acidente aconteceu na noite da última quinta-feira (20) no centro de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Jorge Henrique...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit