Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

"lei da mordaça" na Bolívia
(EFE)

Mundo

Sindicatos e jornalistas protestam contra a “lei da mordaça” na Bolívia

Jornalistas de diferentes departamentos da Bolívia protestaram na quarta-feira (12) contra um artigo chamado ” gag “, que consideram um atentado à liberdade de expressão , e reiteraram que permanecem em “emergência ” devido a esta e outras normas que fazem parte do Projeto “Compliance Law ” de Compromissos Internacionais no Campo dos Direitos Humanos ”.

Trabalhadores da imprensa de cidades como La Paz , sede do governo, Santa Cruz oriental , Sucre e Cobija, na Amazônia, deixaram seus instrumentos de trabalho, como câmeras ou microfones, para expressar sua rejeição ao artigo 281 .

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Em La Paz, os manifestantes se reuniram na Plaza Murillo, perto da Assembleia Legislativa e Executiva da Bolívia, com cartazes e gritos como “livre sem mordaça” para manifestar seu desacordo com este projeto de regulamento.

“Estamos em uma situação em que mais uma vez tentam confundir a população, confundir a imprensa para aprovar abaixo de uma norma que quer mandar os jornalistas para a prisão pelo exercício do jornalismo”, disse o presidente da Associação Nacional de Jornalistas (ANPB), Zulema Alanes.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Também estiveram presentes o representante da Associação de Jornalistas de La Paz (APLP), Raúl Peñaranda , e um grupo de jornalistas com cartazes onde se lêem slogans como ” fora da lei da mordaça “.

Alanes destacou que a Lei da Imprensa , que rege o trabalho da imprensa, está em vigor e que a Constituição Política do Estado também estipula que o trabalho jornalístico “se rege por códigos de ética e mecanismos de autorregulação próprios” e que, por isso, são tribunais impressos.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Da mesma forma, em Santa Cruz, jornalistas se reuniram na praça 24 de Septiembre , principal praça da cidade, para uma manifestação contra o artigo 281, mas também contra outro projeto de lei que regulamenta e penaliza o uso “indevido” de recursos sociais redes.

Os jornalistas pediram que os princípios dos direitos fundamentais não sejam violados e que não se tente “silenciar as vozes”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Em Sucre, capital constitucional do país e sede do Judiciário, e em Cobija também marcharam para exigir o respeito à liberdade de expressão.

O artigo da “piada” menciona que quem disseminar ideias baseadas na superioridade racial, que promova ou justifique o racismo, que dissemine discurso de ódio ou quando o ato for cometido por uma pessoa, será punido de três a sete anos de prisão .

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Diante dessa situação, as associações de jornalistas declararam estado de emergência.

(Com informações da EFE)

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Israel lança nova operação em Gaza e tropas invadem complexo de agência da ONU usado pelo Hamas

Mundo

As forças israelenses avançaram mais profundamente em várias cidades no lado leste de Khan Younis, no sul da Faixa de Gaza, nesta quinta-feira (25)....

Mídia

A candidata à Prefeitura de São Paulo pelo Partido Novo, Marina Helena, e a jornalista Raquel Landim, mediadora da entrevista, protagonizaram um debate acalorado...

Saúde

A farmacêutica Gilead Sciences revelou na quarta-feira (24) que seu novo medicamento injetável, o lenacapavir, demonstrou 100% de eficácia na prevenção do HIV na...

Celso Amorim mantém ida à Venezuela: 'Objetivo do Brasil é contribuir para eleição correta e limpa' Celso Amorim mantém ida à Venezuela: 'Objetivo do Brasil é contribuir para eleição correta e limpa'

Mundo

O assessor especial para assuntos internacionais, Celso Amorim, estará na Venezuela no próximo domingo (28). Amorim será o representante do governo brasileiro nas eleições...

SUS SUS

Justiça

Na quarta-feira, o Tribunal de Contas da União (TCU) ordenou ao Ministério da Saúde a investigação e a adoção de medidas administrativas em relação...

MACONHA - CCJ da Câmara pode votar nesta terça PEC que criminaliza posse ou porte de qualquer droga MACONHA - CCJ da Câmara pode votar nesta terça PEC que criminaliza posse ou porte de qualquer droga

Brasil

Na quarta-feira (24), a Polícia Federal (PF) iniciou a sexta fase da operação Terra Livre na região de Grajaú/MA, focada na erradicação do cultivo...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

A neurologista Claudia Soares, detida em flagrante por sequestrar um bebê recém-nascido em Uberlândia (MG), enfrentará uma audiência de custódia nesta quinta-feira (25). Ela...

Brasil

Um incêndio atingiu a Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, na manhã desta quinta-feira. Segundo informações iniciais, o fogo teria se originado na central de...

Brasil

O número de trabalhadores no setor comercial brasileiro atingiu 10,3 milhões em 2022, o maior número desde 2015. Esses profissionais estavam empregados em 1,4...

Brasil

Mais de 339 mil brasileiros com dívidas junto ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foram beneficiados pelo programa de renegociação Desenrola Fies, conforme anunciou...

Brasil

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) vai destinar R$ 2,1 milhões para seis hospitais de pequeno porte no Rio Grande do Sul, com o...

São Paulo

Na manhã desta quinta-feira (25), um grave incêndio envolvendo um ônibus e uma moto paralisou a Marginal Pinheiros, na região de Santo Amaro, Zona...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit