Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

(Zuma Press)

Mundo

Rebeldes Houthi do Iêmen reivindicam novos ataques e ameaçam escalada no Mar Vermelho

Os rebeldes houthis do Iêmen reivindicaram nesta quinta-feira novos ataques contra um destróier dos Estados Unidos, um navio de carga britânico e a cidade israelense de Eilat, em meio a seus anúncios de maiores ofensivas no Mar Vermelho.

O porta-voz do grupo, Yahya Sarea, confirmou que seus mísseis atingiram com sucesso, entre 8h30 e 9h45, o navio de carga MV Islander, de bandeira de Palau e propriedade de Londres, que acabou provocando um incêndio na embarcação. No entanto, os danos foram menores e não afetaram a tripulação, que continua navegando em direção ao próximo porto de destino.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Além disso, os rebeldes atacaram com “vários drones” um destróier dos Estados Unidos nessas águas, embora também não tenha sido gravemente danificado.

Por sua vez, o Comando Central dos Estados Unidos (CENTCOM) anunciou que, entre 4h30 e 5h30, aviões americanos e um navio militar francês “derrubaram seis drones explosivos de ataque dos houthis apoiados pelo Irã”. O órgão acrescentou que esses drones provavelmente estavam direcionados a alvos dos aliados ocidentais e foram eliminados, pois “representavam uma ameaça iminente”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Juntamente com esses ataques, Sarea também anunciou que “uma série de mísseis balísticos e drones foram lançados contra vários alvos do inimigo sionista”, precisamente na cidade de Eilat, no sul do país.

Essas ações ocorreram em um momento em que os insurgentes alertaram para um aumento em seus ataques – tanto “em qualidade” quanto em “quantidade” – a menos que a ofensiva contra Gaza e o povo palestino pare.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O líder da milícia pró-iraniana no Iêmen, Abdulmalik Badradín al Huti, enviou nesta quinta-feira uma nota a transportadoras e seguradoras anunciando a proibição de navios ligados a Israel, Estados Unidos e Grã-Bretanha de navegarem no Mar Vermelho e nas águas circundantes, como o Golfo de Aden e o Mar Arábico. Essa é a primeira comunicação que os houthis enviam diretamente às empresas.

A nota especifica que todas as embarcações que sejam propriedade total ou parcial de pessoas ou entidades israelenses, bem como os navios de bandeira israelense ou propriedade de pessoas ou entidades americanas ou britânicas, ou que naveguem sob suas bandeiras, têm a entrada nas águas da região proibida.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Para realizar essas tarefas, foi definido incorporar armas submarinas para garantir sua eficácia e rapidez.

“Nessas operações, também estamos nos dirigindo para uma escalada em termos de intensidade e tipo. Isso implica a ativação de mísseis, drones, navios militares e a introdução de armas submarinas, o que é preocupante para o inimigo”, acrescentou Al Houthi.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Até o momento, a milícia havia permanecido em silêncio sobre o uso desses dispositivos, e o CENTCOM havia anunciado apenas em 17 de fevereiro um ataque a um “navio submarino não tripulado” que estava sendo preparado pelos insurgentes.

Durante seu discurso, o líder rebelde celebrou que já são 48 as embarcações dos aliados ocidentais que foram atingidas por seu fogo, o que ele entende como uma incapacidade desses em se defenderem.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Apesar de “possuírem capacidades avançadas, não conseguiram limitar as operações de lançamento nem evitar que os projéteis alcançassem seus objetivos”, comentou.

Os ataques houthis no Mar Vermelho resultaram na interrupção do comércio nesta rota, por onde passa cerca de 12% do tráfego marítimo mundial, e na desvio desses navios para rotas mais longas e custosas ao redor da África.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

(Com informações da AFP, EFE, Europa Press e Reuters)

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

Destaques

Hezbollah

Mundo

Em meio à crescente tensão regional após o ataque iraniano de sábado contra Israel, o grupo terrorista Hezbollah lançou uma série de foguetes contra...

Brasil

A Polícia Federal (PF) iniciou uma investigação para identificar as pessoas encontradas mortas em um barco à deriva por pescadores no nordeste paraense neste...

Política

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) decidiu cancelar uma conversa agendada para este sábado (13) com o empresário e magnata Elon Musk, dono da empresa...

Mundo

Em meio à escalada de tensões no Oriente Médio, o Ministério da Defesa persa advertiu que qualquer país que permitir o uso de seu...

Últimas Notícias

O Exército israelense confirmou neste sábado o lançamento de “dezenas de drones” do Irã em direção a Israel, mas alertou que levará “várias horas”...

Últimas Notícias

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) está programado para conversar com o empresário Elon Musk na noite deste sábado (13/4), às 21h30. O anúncio foi...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

No Brasil, há uma mobilização significativa por parte dos servidores da educação em universidades e institutos federais, com o objetivo de obter reajustes salariais,...

Últimas Notícias

Pescadores fizeram uma descoberta macabra na manhã deste sábado (13) nas proximidades da Ilha de Canelas, no município de Bragança (PA). Um barco à...

Brasil

Após três dias de busca, os bombeiros encontraram o corpo de um rapaz que estava desaparecido no município de Alto Paraíso de Goiás (GO),...

Últimas Notícias

Mais de 400 kg de cocaína foram apreendidos em uma operação policial realizada na sexta-feira (12) na comunidade de Paraisópolis, zona sul de São...

Últimas Notícias

Os proprietários de veículos com placa final 3 têm até segunda-feira (15) para efetuar o pagamento da quarta parcela do IPVA 2024. Os contribuintes...

Últimas Notícias

Na noite de sexta-feira (12), o ex-mestre de bateria da escola de samba Renascer de Jacarepaguá, Paulo Silva Vieira de Araújo, conhecido como Mestre...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit