Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

amazon
Unsplash

Negócios

Amazon pagará quase R$ 10 milhões a trabalhadores migrantes por abusos no trabalho na Arábia Saudita

A Amazon concordou em pagar mais de US$ 1,9 milhão (quase R$ 10 milhões) a mais de 700 trabalhadores migrantes para encerrar processos judiciais baseados em acusações de violações de direitos humanos em contratos de trabalho exploratórios na Arábia Saudita.

Em um post publicado em seu blog na quinta-feira (23), a empresa afirmou ter contratado um especialista independente em direitos trabalhistas, a Verité, no ano passado, para investigar as condições em dois de seus depósitos na Arábia Saudita. A Verité identificou diversas práticas que violavam os padrões da cadeia de suprimentos da Amazon, de acordo com a empresa.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Em outubro passado, um relatório da Anistia Internacional, bem como uma investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, Repórteres Árabes para Jornalismo Investigativo e The Guardian, detalharam relatos de condições precárias para trabalhadores migrantes nos armazéns da Amazon na Arábia Saudita.

Trabalhadores migrantes, muitos deles nepaleses, foram enganados por agências terceirizadas de recrutamento, pensando que trabalhariam diretamente para a Amazon, e obrigados a pagar taxas ilegais para obter emprego, segundo o relatório da Anistia. Enquanto trabalhavam nos armazéns da Amazon, os trabalhadores foram alojados em acomodações que eram “superlotadas e sujas, infestadas de percevejos e sem as instalações mais básicas”, escreveu a Anistia. Em alguns casos, as agências impediram os funcionários de mudarem de emprego ou saírem da Arábia Saudita a menos que pagassem multas pesadas, que muitas vezes não podiam pagar sem contrair empréstimos penosos.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Os abusos sofridos pelos trabalhadores foram tão graves que provavelmente equivaliam a “tráfico de seres humanos para fins de exploração trabalhista, conforme definido pelo direito internacional e padrões”, escreveu a Anistia em seu relatório de outubro.

A Amazon disse que tomou conhecimento dos problemas antes dos relatórios de grupos como a Anistia. A empresa afirmou que a Verité entrevistou funcionários de um de seus fornecedores temporários de mão de obra, a Abdullah Fahad Al-Mutairi Co., e encontrou taxas de recrutamento pagas pelos trabalhadores, “alojamento abaixo do padrão, irregularidades nos contratos e salários, e atrasos na resolução de reclamações dos trabalhadores”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A Amazon confirmou por meio de uma série de auditorias nos últimos meses que a AFMCO havia “corrigido as preocupações mais sérias”, incluindo a atualização das acomodações.

A empresa também “garantiu o compromisso da AFMCO” de que, após o término do emprego dos trabalhadores na Amazon, a agência os pagará de acordo com seus contratos e não os transferirá para uma acomodação que não atenda aos padrões da Amazon. O relatório do The Guardian e outros meios de comunicação detalhou como os trabalhadores cujos contratos haviam terminado foram transferidos para moradias ainda mais precárias e, sem renda, lutavam para pagar necessidades básicas como comida.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“Nosso objetivo é que todos os nossos fornecedores tenham sistemas de gestão em vigor que garantam condições de trabalho seguras e saudáveis; isso inclui práticas de recrutamento responsáveis”, escreveu a Amazon em seu blog.

O histórico trabalhista da Amazon tem sido fortemente criticado nos últimos anos. Legisladores, políticos e grupos de defesa dos direitos humanos se concentraram em seu tratamento de trabalhadores de armazéns e entregas, argumentando que eles estão expostos a condições de trabalho inseguras. A empresa enfrenta várias investigações federais em curso sobre suas práticas de segurança e foi multada por reguladores federais de segurança por expor trabalhadores a riscos ergonômicos em seus armazéns.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A Amazon contestou as alegações dos reguladores, e disse que continua investindo em segurança dos trabalhadores. Também disse que tem feito progressos na redução das taxas de lesões, inclusive por meio da introdução de mais automação em suas instalações.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

Destaques

Destaques

Um homem de 30 anos morreu na manhã deste domingo (14) após ser atacado por seu próprio cachorro da raça pitbull no bairro Jardim...

Hezbollah Hezbollah

Mundo

Em meio à crescente tensão regional após o ataque iraniano de sábado contra Israel, o grupo terrorista Hezbollah lançou uma série de foguetes contra...

Brasil

A Polícia Federal (PF) iniciou uma investigação para identificar as pessoas encontradas mortas em um barco à deriva por pescadores no nordeste paraense neste...

Política

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) decidiu cancelar uma conversa agendada para este sábado (13) com o empresário e magnata Elon Musk, dono da empresa...

Mundo

Em meio à escalada de tensões no Oriente Médio, o Ministério da Defesa persa advertiu que qualquer país que permitir o uso de seu...

Últimas Notícias

O Exército israelense confirmou neste sábado o lançamento de “dezenas de drones” do Irã em direção a Israel, mas alertou que levará “várias horas”...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

A pedagoga Fábia Cristina Santos e seu marido Wander José de Jesus desapareceram em 9 de março, após terem sido vistos pela última vez...

Brasil

Durante um intervalo de dez horas no sábado (13), quatro indivíduos perderam suas vidas devido a afogamentos no litoral do estado de São Paulo....

Brasil

Nos últimos dias, tem havido críticas nas redes sociais direcionadas a influenciadores digitais que promovem empresas que oferecem serviços de assessoria para a solicitação...

mega-sena mega-sena

Brasil

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do Concurso 2.712 da Mega-Sena, sorteadas neste sábado (13). Pela sétima vez seguida, o prêmio acumulou. Os números...

Brasil

No Brasil, há uma mobilização significativa por parte dos servidores da educação em universidades e institutos federais, com o objetivo de obter reajustes salariais,...

Últimas Notícias

Pescadores fizeram uma descoberta macabra na manhã deste sábado (13) nas proximidades da Ilha de Canelas, no município de Bragança (PA). Um barco à...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit