Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

senado
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Política

Senado aprova projeto que facilita liberação de agrotóxicos

Nesta terça-feira (28), o Senado aprovou um projeto de lei que simplifica o processo de liberação de agrotóxicos no Brasil. Após 20 anos de debates no Congresso Nacional, a matéria agora aguarda sanção ou veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A proposta centraliza a autorização de uso no Ministério da Agricultura e Pecuária, mantendo a participação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na exclusão de produtos.

Os senadores respaldaram a versão apresentada pelo relator, Fabiano Contarato (PT-ES), que recebeu aprovação da Comissão de Meio Ambiente na última quarta-feira (22). A votação foi simbólica, sem registro individual das escolhas dos parlamentares.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A mudança foi bem recebida por entidades ligadas ao setor agrícola, como a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). De acordo com o diretor técnico adjunto da CNA, Maciel Silva, o projeto é uma evolução em termos de legislação atual.

“O projeto de lei hoje traz uma coordenação para dentro do processo, mantém todos os órgãos responsáveis pelo meio ambiente, saúde, agricultura, envolvidos na avaliação desses produtos, mas estabelece um parâmetro temporal com base no tipo de produto, ou seja, passa a ter uma previsibilidade temporal em relação a registros desses produtos”, afirma.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Atualmente, a fiscalização e a análise desses produtos são feitas pelo Ministério da Agricultura e Pecuária em conjunto com as pastas do Meio Ambiente e da Mudança do Clima, por meio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), e da Saúde, por meio da Anvisa. O projeto aprovado pelo Congresso centraliza essas funções decisórias na Agricultura e Pecuária, que também será o órgão responsável por aplicar penalidades e auditar institutos de pesquisa e empresas.

Um dos pontos sem acordo no relatório tinha a ver com a mudança do nome de agrotóxico para pesticida. Contarato manteve a nomenclatura atual. Quem defendia a troca argumentava que os agrotóxicos são venenosos apenas para pragas e insetos, e, por isso, o uso do termo seria incorreto e colocaria uma imagem negativa nos produtos. Além disso, eles afirmavam que o termo “pesticida” ou “defensivo” traria modernização para o setor.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Ao defender a proposta, o senador Zequinha Marinho (Podemos-PA) afirmou que a legislação brasileira para agrotóxicos está atrasada. “Enquanto nós estamos aqui trabalhando com moléculas antigas que ainda são, digamos assim, bastante impactantes, caras e ineficientes, o mundo afora está lá na frente, já dobrou a esquina com algo mais moderno, com algo mais leve, com algo mais eficiente, mais barato e mais completo”, afirmou.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Brasil

A Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) do Rio Grande do Norte está oferecendo uma recompensa de R$ 15 mil por...

Últimas Notícias

Novos dados divulgados  pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira, 23, apontam um crescimento significativo no número de pessoas vivendo em...

Brasil

Apesar do progresso nas últimas décadas, o Brasil ainda enfrenta um desafio significativo no quesito saneamento básico: mais de 1,2 milhão de pessoas (0,6%...

Ciência e Tecnologia

Um módulo espacial americano não tripulado pousou com sucesso na Lua na quinta-feira (22), marcando a primeira vez que uma nave espacial dos EUA...

Antony Blinken Antony Blinken

Destaques

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, se manifestou nesta quinta-feira (22) sobre a conversa que teve com o presidente Luiz Inácio Lula da...

Destaques

Em um encontro de 1h50 no Palácio do Planalto nesta quarta-feira (21), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o secretário de Estado...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

rota

São Paulo

Um homem, ainda não identificado, morreu após ser baleado durante um confronto com policiais militares na noite de sexta-feira (24), no Morro José Menino,...

Gabriel Souza Gabriel Souza

Brasil

Um helicóptero da Brigada Militar que transportava o vice-governador do Rio Grande do Sul, Gabriel Souza (MDB), fez um pouso forçado em uma rodovia...

palácio do planalto palácio do planalto

Brasil

A Polícia Federal prendeu neste sábado (23) um homem que tentou invadir o Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente da República, em Brasília....

delegacia do Guarujá delegacia do Guarujá

São Paulo

Uma funcionária, de 40 anos, da Delegacia Sede de Polícia em Guarujá, litoral de São Paulo, foi vítima de estupro dentro das dependências da...

Hospital do Servidor Público Estadual Hospital do Servidor Público Estadual

São Paulo

Um paciente, identificado como um policial civil aposentado de 70 anos, atirou contra uma enfermeira de 49 anos na madrugada deste sábado (24) no...

São Paulo

Neste sábado (24), a cidade de São Paulo foi colocada em estado de atenção para alagamentos pelo Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO