Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

surto de pneumonia infantil china
(Global Times)

Saúde

OMS solicita informações à China sobre surto de pneumonia infantil

A Organização Mundial da Saúde (OMS) solicitou oficialmente à China informações detalhadas sobre um aumento de doenças respiratórias e grupos de pneumonia relatados em crianças, após a notícia de que vários hospitais no país estão sob forte pressão devido a um surto de pneumonia infantil não diagnosticada em várias cidades, incluindo Pequim.

O sistema de vigilância global ProMed emitiu uma notificação na noite de terça-feira indicando um surto desta doença respiratória em menores. A ProMed já demonstrou a relevância de seus alertas no passado: em dezembro de 2019, informou médicos e cientistas sobre um vírus misterioso que mais tarde foi identificado como o Sars-Cov-2.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Diante desta situação, a OMS emitiu um comunicado destacando os requisitos que foram solicitados à China.

A OMS solicitou oficialmente à China informações detalhadas sobre o aumento de doenças respiratórias e focos de pneumonia relatados em crianças”, começa a carta divulgada há poucas horas. Nesse sentido, o escrito lembrava que “numa conferência de imprensa realizada em 13 de novembro de 2023, as autoridades chinesas da Comissão Nacional de Saúde relataram um aumento na incidência de doenças respiratórias na China”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“As autoridades chinesas atribuíram este aumento ao levantamento das restrições da COVID-19 e à circulação de agentes patogénicos conhecidos, como a gripe, o Mycoplasma pneumoniae (uma infecção bacteriana comum que geralmente afeta crianças mais novas), o vírus sincicial respiratório (RSV) e o SARS-CoV-2 (o vírus que causa a COVID-19)”, recordam a mais alta entidade internacional de saúde e acrescentam que “as autoridades sublinharam a necessidade de melhorar a vigilância da doença nos centros de saúde e nos ambientes comunitários, bem como reforçar a capacidade dos serviços de saúde”. sistema para gerenciar pacientes.”

Da mesma forma, detalha que há 24 horas “os meios de comunicação e a ProMED relataram surtos de pneumonia não diagnosticada em crianças no norte da China”, situação que “não está claro se estão relacionados com o aumento geral de infecções respiratórias anteriormente relatado pelas autoridades chinesas”, ou são episódios independentes.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“No dia 22 de novembro, a OMS solicitou, através do mecanismo do Regulamento Sanitário Internacional, informações epidemiológicas e clínicas adicionais, bem como resultados laboratoriais desses aglomerados de crianças. “Também solicitamos mais informações sobre as tendências recentes na circulação de patógenos conhecidos, incluindo influenza, SARS-CoV-2, RSV e Mycoplasma pneumoniae, e sobre a carga atual sobre os sistemas de saúde”, continua o comunicado.

Relativamente ao papel da OMS, o documento indicava que a mais alta entidade internacional de saúde “está em contato com médicos e cientistas através das nossas associações e redes técnicas existentes na China”, já que desde meados de outubro, o Norte da China “informou um aumento de doenças semelhantes à gripe em comparação com o mesmo período dos três anos anteriores.”

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“A China possui sistemas para coletar informações sobre tendências em influenza, doenças semelhantes à influenza, RSV e SARS-CoV-2, e enviar relatórios para plataformas como o Sistema Global de Vigilância e Resposta à Gripe”, asseguram por escrito, enquanto avançando que “a OMS procura esta informação adicional, recomendamos que os habitantes da China sigam medidas para reduzir o risco de doenças respiratórias, que incluem a vacinação recomendada; mantenha distância de pessoas doentes; fique em casa quando estiver doente; submeter-se a testes e receber cuidados médicos conforme necessário; use máscaras conforme apropriado; garanta uma boa ventilação; e lave as mãos regularmente.”

O que sabemos sobre surto

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Hospitais em diversas cidades chinesas, incluindo Pequim, estão sobrecarregados por um aumento inesperado de casos de pneumonia infantil não diagnosticada. Este fenômeno alarmante foi destacado pelo ProMed, um sistema global de vigilância de doenças que desempenhou um papel crucial no alerta precoce do vírus Sars-Cov-2. Em dezembro de 2019, emitiu uma notificação sobre este surto, captando a atenção da comunidade médica e científica.

Relatórios de meios de comunicação como o FTV News de Taiwan revelam uma situação crítica, com um número crescente de crianças internadas por pneumonia. Sendo que, segundo este meio, os pacientes infantis apresentariam febre alta e desenvolvimento de nódulos pulmonares, embora sem sintomas habituais como tosse. A ProMed, numa nota editorial, manifestou preocupação com a velocidade e escala do surto, sugerindo que a doença pode estar a circular em ambientes escolares, dada a falta de casos em adultos.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A hipótese de que o surto esteja ligado ao Mycoplasma pneumoniae, conhecido como “pneumonia atípica” ou “pneumonia ambulante”, ganha força na análise deste local, uma vez que este patógeno tem apresentado um aumento na China após o primeiro inverno sem as rigorosas medidas de confinamento devido à COVID-19. Países como o Reino Unido e os Estados Unidos também registaram aumentos nas doenças respiratórias após o levantamento das restrições à pandemia.

Os sintomas de Mycoplasma pneumoniae, que afetam principalmente crianças, incluem dor de garganta e fadiga, com tosse persistente; embora este último sinal não estivesse presente na descrição destas pinturas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

Destaques

Gabriela Hardt

Últimas Notícias

Nesta terça-feira (16), a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) emitiu uma nota expressando “preocupação” em relação à recente decisão de afastamento cautelar de juízes...

Mundo

O gabinete de guerra de Israel se reuniu na segunda-feira para discutir como responder ao ataque aéreo sem precedentes do Irã, sem irritar os...

Glauber Braga Glauber Braga

Política

Na tarde desta terca-feira (16), o deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ) discutiu e tentou partir para cima do seu colega Kim Kataguiri (União Brasil-SP)....

São Paulo

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de São Paulo, desencadeou a Operação Muditia, resultando na apreensão...

Destaques

Os Correios divulgaram hoje, terça-feira (16), detalhes sobre o próximo concurso público da estatal, que visa preencher cargos de nível médio e superior. Segundo...

Colmeia Mágica Vila Formosa SP Colmeia Mágica Vila Formosa SP

São Paulo

Um novo inquérito da Polícia Civil de São Paulo revelou que pelo menos 37 crianças sofreram torturas e maus-tratos na creche Colmeia Mágica, na...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

Na tarde desta terça-feira (16), uma situação inusitada chocou funcionários e clientes de uma agência bancária em Bangu, na Zona Oeste do Rio de...

UPBus UPBus

Últimas Notícias

Na manhã desta terça-feira (16), o juiz Leonardo Valente Barreiros, da 1ª Vara de Crimes Tributários, Organização Criminosa e Lavagem de Bens e Valores...

Brasil

Na tarde desta terça-feira (16), funcionários de uma agência bancária em Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro, relataram suspeitas em relação à conduta...

Moraes Moraes

Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, emitiu uma ordem nesta terça-feira (16/4), exigindo que os representantes da empresa X (anteriormente...

Brasil

Uma tragédia abalou Campinas (SP), onde uma jovem de 18 anos, Ariane, foi brutalmente assassinada por um homem mais velho após encerrar um relacionamento...

São Paulo

Na segunda-feira (15), Marcos Vinicius Paulino, trabalhador rural de 27 anos, revelou ao delegado João Delfino de Souza, em Caconde (SP), não sentir arrependimento...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit