Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Últimas Notícias

OMS alerta para aumento de casos de sarampo no mundo

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) voltou a alertar para o aumento de casos de sarampo em todo o mundo. “Estamos extremamente preocupados com o que está acontecendo em relação ao sarampo”, avaliou a conselheira técnica para sarampo e rubéola da entidade, Natasha Crowcroft.

Em coletiva de imprensa em Genebra, ela citou um aumento consistente de casos da doença em todas as regiões do globo, exceto nas Américas. “Eles estão aguentando firme, mas, com o aumento de casos em cinco das seis regiões monitoradas pela OMS, esperamos que haja casos e surtos nas Américas também”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Dados mais recentes, segundo Natasha, apontam para mais de 300 mil casos de sarampo reportados ao longo de 2023, um aumento de 79% em relação ao ano anterior. Em 2023, um total de 51 países reportaram grandes surtos da doença contra 32 no ano anterior.

“Sabemos que os números são subestimados”, advertiu a conselheira, ao se referir aos casos subnotificados em todo o mundo. A estimativa é que, em 2022, o número de mortes por sarampo tenha aumentado 43%, totalizando mais de 130 óbitos. “Como os casos aumentaram em 2023, estamos antecipando que, quando fecharmos os dados, o número de mortes também terá aumentado”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“Olhando para 2024, sabemos que será um ano bastante desafiador”, disse, alertando para casos e mortes entre crianças não vacinadas contra o sarampo. A estimativa da OMS é que mais da metade dos países do mundo sejam classificados como em alto risco ou em altíssimo risco para surtos da doença até o final do ano.

Crianças e vacinação

A OMS estima que 142 milhões de crianças no mundo estejam vulneráveis ao sarampo por não terem sido vacinadas, sendo que 62% delas vivem em países de baixa e média renda, onde o risco de surtos da doença são maiores.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Natasha lembrou que, durante a pandemia de covid-19, muitas crianças não foram imunizadas contra o sarampo. Atualmente, a cobertura vacinal global contra a doença está em 83% o que, segundo ela, não é suficiente, uma vez que a doença é altamente contagiosa. “Precisamos de uma cobertura de 95% para prevenir que casos de sarampo aconteçam ”, reforçou.

Brasil

Em 2016, o Brasil chegou a receber o certificado de eliminação do sarampo, concedida pela OMS. Em 2018, entretanto, o vírus voltou a circular no país e, em 2019, após um ano de franca circulação do sarampo, o país perdeu a certificação de país livre do vírus.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Dados do Ministério da Saúde mostram que, entre 2018 a 2022, foram confirmados 9.325, 20.901, 8.100, 676 e 44 casos de sarampo no Brasil, respectivamente. Em 2022, os seguintes estados confirmaram casos da doença: Rio de Janeiro, Pará, São Paulo e Amapá, sendo que o último caso confirmado no país foi registrado no estado do Amapá em junho de 2022.

A doença

O sarampo é classificado por autoridades sanitárias como uma doença infecciosa grave e que pode levar à morte. A transmissão acontece quando a pessoa infectada tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Os principais sinais do sarampo são manchas vermelhas no corpo e febre alta (acima de 38,5°) acompanhadas de um ou mais dos seguintes sintomas: tosse seca, irritação nos olhos (conjuntivite), nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos.

A maneira mais efetiva de evitar o sarampo, de acordo com o Ministério da Saúde, é por meio da vacinação. Atualmente, três tipos de imunizantes previnem a doença: a vacina dupla viral, que protege contra o sarampo e a rubéola e pode ser utilizada para o bloqueio vacinal em situação de surto; a vacina tríplice viral, que o protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola; e a vacina tetra viral, que protege contra o sarampo, a caxumba, a rubéola e a varicela (catapora).

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

 

*Agência Brasil

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

Destaques

Carlos Teixeira

São Paulo

As últimas palavras de Carlos Teixeira, o jovem de 13 anos que faleceu após ser agredido por colegas na Escola Estadual Júlio Pardo Couto...

Últimas Notícias

Nesta quinta-feira (18), o ministro Gilmar Mendes manifestou forte desaprovação em relação à possibilidade de abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) pela...

Israel Israel

Últimas Notícias

O Exército de Israel informou neste sábado que abateu dez terroristas durante uma operação que começou na quinta-feira à noite no campo de refugiados...

RESUMO DO DIA

✅PGR Apela Contra Decisão Do STF Que Permitiu Remoção Da Tornozeleira Eletrônica De Rogério Andrade PGR Apela Contra Decisão do STF que Permitiu Remoção...

Inteligência artificial empregos mundo FMI Inteligência artificial empregos mundo FMI

Destaques

A Inteligência Artificial (IA) continua a avançar em um ritmo exponencial, ultrapassando os seres humanos em várias competências cognitivas e estabelecendo novos recordes no...

Hezbollah Hezbollah

Últimas Notícias

O Exército de Israel realizou na sexta-feira um novo bombardeio contra um “edifício militar” do partido-milícia xiita Hezbollah no sul do Líbano, como parte...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

A Polícia Penal Federal realizou a prisão de um indivíduo neste sábado (20) nas dependências da Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia. O...

Brasil

Após receber uma carta escrita por Daniel Cravinhos durante um programa de televisão, Andreas von Richthofen, irmão de Suzane von Richthofen, declarou que não...

Últimas Notícias

O advogado de defesa de Marcelo Carrião, ex-apresentador de telejornal detido por tráfico de drogas em Santos, recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ)...

Brasil

De acordo com a Secretaria da Segurança Urbana de Itaquaquecetuba, os encontros conhecidos como bailes funk de rua, também chamados de pancadões, foram menos...

Brasil

Na próxima semana, professores e técnicos administrativos que trabalham em instituições federais de ensino precisam decidir se voltam ao trabalho ou não. O motivo...

Brasil

O corpo de Paulo Roberto Braga, 68 anos, será sepultado neste sábado (20) no Cemitério de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. Ele...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit