domingo, 18 de abril de 2021

São Paulo, Maranhão e Pará oferecem leitos para bebês prematuros de Manaus não ficarem sem oxigênio

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Os governos dos Estados de São Paulo, Maranhão e Pará ofereceram leitos para bebês prematuros de Manaus, capital do Amazonas, não ficarem sem oxigênio por conta do colapso na saúde do Estado.

Nesta sexta-feira (15), o Amazonas avisou aos outros estados que precisa transferir pelo menos 60 bebês prematuros. Eles estão internados em Manaus e também correm o risco de ficar sem oxigênio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Desde quinta-feira (14), Manaus se encontra com poucos cilindros de oxigênio e pacientes com Covid-19 estavam morrendo sem ar em hospitais da cidade.

Os governadores João Doria (PSDB), de São Paulo, e, Helder Barbalho (MDB), do Pará, prometeu acolhere os bebês disponibilizando leitos. No Maranhão, a disponibilidade de leitos foi informada pelo Secretário de Saúde do Estado, Carlos Lula.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos