Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

senado
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Brasil

Senado Aprova Suspensão da Dívida do Rio Grande do Sul com a União por Três Anos

O Senado aprovou nesta quarta-feira (15) por unanimidade um projeto que propõe a suspensão da dívida do Rio Grande do Sul com a União por três anos. A medida, que agora aguarda sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi tramitada de forma acelerada visando garantir segurança jurídica ao estado, que enfrenta uma das maiores calamidades de sua história devido aos temporais e enchentes que assolam a região desde o dia 29 de abril.

Além de suspender o pagamento da dívida, o projeto, de autoria do governo, reduz a taxa de juros do contrato do estado a 0% durante o período, anistiando os juros que seriam cobrados nesse tempo. A medida tem o objetivo de evitar gastos estimados em R$ 11 bilhões com as parcelas e mais R$ 12 bilhões com os juros da dívida. O Rio Grande do Sul acumula uma dívida de R$ 97,7 bilhões com a União, conforme dados do Ministério da Fazenda.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Uma pequena mudança foi feita no texto original enviado pelo governo, permitindo que as mesmas regras de suspensão da dívida pública e anistia dos juros possam ser aplicadas a outros estados que enfrentem tragédias similares, desde que tenham sua situação de calamidade reconhecida pelo Congresso no futuro.

A versão aprovada pelo Senado representa um “meio-termo” em relação à alteração feita pela Câmara, que estendia as regras para outros estados independentemente de calamidade pública. Essa modificação, aprovada pelos deputados na madrugada, foi considerada por técnicos e senadores como um “jabuti” – uma tentativa de inserir no projeto regras não relacionadas à ideia original.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Conforme o texto, os R$ 23 bilhões que serão adiados ou perdoados na dívida do Rio Grande do Sul nos próximos três anos deverão ser destinados “integralmente” a ações de enfrentamento e mitigação dos danos causados pela calamidade pública e suas consequências econômicas e sociais. Um fundo para gerir esses recursos deverá ser criado no âmbito do estado.

O governo gaúcho terá até 60 dias, contados a partir do decreto de estado de calamidade pública, para apresentar ao Ministério da Fazenda um plano de investimentos detalhando os projetos e ações a serem executados com esses recursos. Durante esse período, o governo estadual precisará demonstrar e divulgar os gastos previstos, esclarecendo a relação entre as ações realizadas e os recursos que deixarão de ser pagos à União. Além disso, ficará proibido de criar ou aumentar despesas permanentes ou aumentar renúncia de receitas não relacionadas ao enfrentamento da calamidade pública, exceto com aprovação do Ministério da Fazenda.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Saúde

No dia 24 de maio, o Brasil celebra não apenas o Dia Nacional do Café, mas também homenageia os baristas, profissionais responsáveis por transformar...

Tony Ramos Tony Ramos

Celebridades

O  ator Tony Ramos recebeu alta do Hospital Samaritano Botafogo na manhã desta sexta-feira (24), após passar por duas cirurgias nos últimos dias. A...

São Paulo

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), sancionou nesta quinta-feira (23) o reajuste do salário mínimo estadual para este ano, elevando o...

Brasil

Um levantamento realizado pelo instituto Paraná Pesquisas trouxe à tona uma análise sobre as preferências eleitorais dos brasileiros, lançando luz sobre possíveis cenários políticos...

gol e azul gol e azul

Negócios

As gigantes do setor aéreo brasileiro, Azul e GOL, deram um passo significativo em direção à ampliação de suas ofertas de voos domésticos ao...

martelo martelo

Brasil

Na noite de quinta-feira (23), um adolescente de 16 anos confessou ter matado seus pais adotivos a marteladas após uma discussão sobre uma aula...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

PM

São Paulo

A Polícia Militar de Piracicaba, no interior de São Paulo, prendeu em flagrante na quinta-feira (23) um homem de 19 anos suspeito de gerenciar...

São Paulo

Na quinta-feira (23), uma operação conjunta entre a Polícia Civil e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) resultou na descoberta de um depósito de...

RJ: Homem é morto e duas pessoas são baleadas em Duque de Caxias; carro passou atirando contra moradores de rua RJ: Homem é morto e duas pessoas são baleadas em Duque de Caxias; carro passou atirando contra moradores de rua

Brasil

Na manhã desta sexta-feira (24), um homem foi morto a tiros na Rua Marechal Bento Manoel, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Testemunhas...

Brasil

A confiança do consumidor brasileiro sofreu mais um golpe, revela uma pesquisa recente realizada pelo Instituto Ipsos, evidenciando uma tendência preocupante nos últimos meses....

Brasil

Moradores do Anil, Zona Oeste do Rio de Janeiro, estão em choque após acusações de manipulação eleitoral. O síndico atual é acusado de pagar...

Gabarito cadernos questões Enem Gabarito cadernos questões Enem

Brasil

O período de inscrição para o Enem 2024 começa na próxima segunda-feira (27) e segue até 7 de junho. A inscrição é feita através...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit