Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

aborto
(CNBB)

Brasil

CNBB defende PL 1904 que equipara aborto a homicídio

Nesta sexta-feira (14), a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) manifestou apoio ao Projeto de Lei 1904, que propõe equiparar o aborto realizado após 22 semanas de gestação, em situações permitidas por lei como estupro, à pena por homicídio simples. O projeto, de autoria do deputado Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), teve sua tramitação urgente aprovada pela Câmara dos Deputados na quarta-feira (12).

Para a CNBB, o cerne do debate reside na “defesa e proteção da vida em todas as suas etapas, da concepção à morte natural”. O projeto foi incluído na agenda legislativa mediante um acordo entre líderes evangélicos e o presidente da Câmara, Arthur Lira, como parte das negociações para a eleição da mesa diretora.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O PL 1904 de 2024 propõe que abortos realizados após 22 semanas sejam tratados como crime de homicídio, acelerando sua tramitação diretamente em plenário, sem passar por comissões temáticas. A relatoria do projeto será definida na próxima terça-feira (18) pelos líderes partidários, com expectativa de ampla aprovação.

Atualmente, a legislação brasileira permite a interrupção da gravidez em casos de estupro, risco de morte à gestante e anencefalia fetal. No entanto, o texto proposto por Cavalcante restringe ainda mais essas condições, proibindo o aborto mesmo em casos de estupro quando o feto for considerado “viável”, ou seja, capaz de sobreviver fora do útero.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Eis a íntegra da nota da CNBB:

Nota da CNBB sobre o PL1904/2024

“Diante de vós, a vida e a morte. Escolhe a vida!” (cf. Dt 30,19)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), diante do debate no Congresso Nacional e na sociedade brasileira sobre o PL 1904/2024, vem a público reafirmar o seu posicionamento de defesa e proteção da vida em todas as suas etapas, da concepção à morte natural. No contexto do debate sobre o aborto, empenha-se na defesa das duas vidas, a da mãe e a do bebê.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A CNBB não se insere na politização e ideologização desse debate. Contudo, adentra-o por ser profundamente ético e humano. São a dignidade intrínseca e o direito mais fundamental que é o direito à vida que estão sob ameaça.

A discussão sobre o PL 1904/2024 traz à tona a cruel prática de assistolia fetal em bebês a partir de 22 semanas de gestação, proibida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e no momento liberada por liminar no STF. Este PL cumpre o papel de coibir a morte provocada do bebê, previamente ao término da gravidez.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Cabe ressaltar que as 22 semanas não correspondem a um marco arbitrário. A partir dessa idade gestacional, realizado o parto, muitos bebês sobrevivem. Então, por que matá-los? Por que este desejo de morte? Por que não evitar o trauma do aborto e no desaguar do nascimento, se a mãe assim o desejar, entregar legalmente a criança ao amor e cuidados de uma família adotiva? Permitamos viver a mulher e o bebê.

Diante do crime hediondo do estupro, que os agressores sejam identificados e que a legislação seja rigorosa e eficaz na punição. É ilusão pensar que matar o bebê seja uma solução. O aborto também traz para a gestante grande sofrimento físico, mental e espiritual. Algumas vezes até a morte.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Por isso, a Igreja Católica neste momento considera importante a aprovação do PL 1904/2024, mas continua no aguardo da tramitação de outros projetos de lei que garantam todos os direitos do nascituro e da gestante. Mais uma vez, reitera a sua posição em defesa da integralidade, inviolabilidade e dignidade da vida humana, desde a sua concepção até a morte natural.

Que Nossa Senhora Aparecida interceda por todas as nossas famílias, proteja a vida de nossas gestantes e de todas as crianças que estão no ventre materno, para que todos tenham vida e vida em abundância. (cf. Jo 10,10)

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Diante da escolha entre a vida e a morte, escolhamos a vida, a da mulher e a do bebê!

Brasília, 14 de junho de 2024

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

 

Dom Jaime Spengler
Arcebispo da Arquidiocese de Porto Alegre – RS
Presidente da CNBB

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Dom João Justino de Medeiros Silva
Arcebispo da Arquidiocese de Goiânia – GO
1º Vice- Presidente da CNBB

Dom Paulo Jackson Nóbrega de Sousa
Arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife – PE
2º Vice-Presidente da CNBB

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Dom Ricardo Hoepers
Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Brasília – DF
Secretário-Geral da CNBB

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

STF

Justiça

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), acatou o pedido conjunto do governo e do Congresso Nacional e estendeu o prazo para...

WhatsApp WhatsApp

Ciência e Tecnologia

Nesta terã-feira (16), o Ministério Público Federal (MPF) e o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) entraram com uma ação civil pública contra...

Ciência e Tecnologia

O WhatsApp lançou novas funcionalidades para melhorar a organização e o acesso aos contatos e grupos favoritos. A partir de agora, os usuários poderão...

frio em são paulo frio em são paulo

São Paulo

Após um período marcado por temperaturas mais frias, a cidade de São Paulo está prestes a vivenciar uma mudança significativa no clima. A partir...

São Paulo São Paulo

Economia

Representantes da construção civil e do setor imobiliário estão defendendo um desconto de 60% na alíquota proposta pela reforma tributária, já aprovada na Câmara...

Exército brasileiro anuncia compra de 420 blindados por R$ 1,4 bilhão Exército brasileiro anuncia compra de 420 blindados por R$ 1,4 bilhão

Brasil

O Exército brasileiro anunciou na última quarta-feira (10) a compra de 420 viaturas blindadas Guaicurus da fabricante italiana Iveco, como parte do Programa de...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

Com uma população de pouco mais de 17 mil habitantes, o município de Envira, localizado na região sudoeste do Amazonas e a 1.200 km...

Brasil

Um projeto de lei em análise na Assembleia Legislativa de Santa Catarina tem gerado debate ao propor medidas rigorosas para cães da raça pitbull....

Brasil

Na madrugada desta segunda-feira (15/7), um adolescente de apenas 12 anos agrediu sua própria mãe com um soco no rosto após ser repreendido por...

datena psdb datena psdb

São Paulo

Em sua primeira sabatina como pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, o apresentador José Luiz Datena (PSDB) disse que apenas “Deus” poderia resolver definitivamente...

Ministério Justiça aeroporto Roma Moraes Ministério Justiça aeroporto Roma Moraes

Brasil

A Procuradoria-Geral da República (PGR) formalizou nesta terça-feira (16) a denúncia contra três brasileiros envolvidos na hostilização ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo...

bolsonaro e ramagem bolsonaro e ramagem

Brasil

Nesta terça-feira (16), o Supremo Tribunal Federal (STF) revisou sua decisão anterior, esclarecendo que não proíbe encontros entre o ex-presidente Jair Bolsonaro e o...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit