Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

arsenal de guerra barueri
Arsenal de Guerra de São Paulo em Barueri, Grande São Paulo — Foto: Reprodução/Exército brasileiro

São Paulo

Exército conclui investigação sobre furto de metralhadoras em Barueri e indica militares e civis

O Exército concluiu na semana passada a investigação sobre o furto de 21 metralhadoras de um quartel em Barueri, na Grande São Paulo, ocorrido em setembro de 2023. O inquérito indiciou militares e civis acusados pelo sumiço das armas.

De acordo com a TV Globo, os indiciados foram responsabilizados por crimes como furto, peculato, receptação e extravio das armas. Dezenove metralhadoras foram recuperadas, mas outras duas ainda estão sendo procuradas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Oito pessoas, sendo seis militares e dois civis, chegaram a ser investigadas por causa das armas que desapareceram do Arsenal de Guerra São Paulo (AGSP) em 2023. A investigação pediu a prisão de algumas delas à Justiça Militar.

O Comando Militar do Sudeste (CMSE) confirmou a conclusão do Inquérito Policial Militar (IPM) sobre o furto das armas, mas não informou o número de indiciados, nem quantos são militares e civis. Tampouco deu detalhes do inquérito, sob a alegação de que o caso ainda está sob sigilo judicial.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O IPM foi encaminhado ao Ministério Público Militar, que decidirá se há elementos para denunciar os investigados. Depois, o caso seguirá para a Justiça Militar, que avaliará se há ou não indícios para incriminar as pessoas acusadas e torná-las rés no processo.

Se forem punidos, os militares podem receber penas de até 50 anos de prisão, cada um, e depois serem expulsos do Exército. O CMSE também não confirmou se os militares indiciados foram afastados ou se continuam trabalhando. Os civis também podem ser responsabilizados criminalmente.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A investigação revelou que as metralhadoras foram furtadas para serem negociadas com traficantes de drogas ligados a facções criminosas, como o Comando Vermelho (CV), no Rio de Janeiro, e o Primeiro Comando da Capital (PCC), em São Paulo.

Até o momento, 19 das 21 armas foram recuperadas, sendo 13 metralhadoras antiaéreas calibre .50 e oito metralhadoras calibre 7,62. O desvio só foi percebido mais de um mês depois, durante uma recontagem das armas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

As câmeras de segurança do local estavam desligadas no dia do furto, não havendo registros do ocorrido. A Polícia Civil do Rio de Janeiro negociou a devolução de dez metralhadoras com integrantes do CV, recuperando-as em duas ocasiões distintas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

Destaques

Política

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) decidiu cancelar uma conversa agendada para este sábado (13) com o empresário e magnata Elon Musk, dono da empresa...

Mundo

Em meio à escalada de tensões no Oriente Médio, o Ministério da Defesa persa advertiu que qualquer país que permitir o uso de seu...

Últimas Notícias

O Exército israelense confirmou neste sábado o lançamento de “dezenas de drones” do Irã em direção a Israel, mas alertou que levará “várias horas”...

Últimas Notícias

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) está programado para conversar com o empresário Elon Musk na noite deste sábado (13/4), às 21h30. O anúncio foi...

israel israel

Mundo

Forças marítimas dos Guardiões da Revolução do Irã interceptaram um navio porta-contêineres neste sábado (12), próximo ao Estreito de Ormuz, alegando vínculos com Israel....

Últimas Notícias

O repórter investigativo Afonso Monaco, conhecido por seu trabalho na TV Record, nos programas Domingo Espetacular e Câmera Record, morreu aos 79 anos na...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

Após três dias de busca, os bombeiros encontraram o corpo de um rapaz que estava desaparecido no município de Alto Paraíso de Goiás (GO),...

Últimas Notícias

Mais de 400 kg de cocaína foram apreendidos em uma operação policial realizada na sexta-feira (12) na comunidade de Paraisópolis, zona sul de São...

Últimas Notícias

Os proprietários de veículos com placa final 3 têm até segunda-feira (15) para efetuar o pagamento da quarta parcela do IPVA 2024. Os contribuintes...

Últimas Notícias

Na noite de sexta-feira (12), o ex-mestre de bateria da escola de samba Renascer de Jacarepaguá, Paulo Silva Vieira de Araújo, conhecido como Mestre...

Brasil

Na manhã desta sexta-feira (12/4), a Polícia Civil e a Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social (Prodep) do Ministério Público...

Últimas Notícias

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) deu início à segunda fase da investigação sobre a suposta infiltração do Primeiro Comando da Capital (PCC)...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit