Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

emprego
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Destaques

IBGE: Desemprego cai a 9,3% em 2022, o menor patamar em 7 anos

A taxa de desocupação chegou a 7,9% no trimestre encerrado em dezembro de 2022, um recuo de 0,8 ponto percentual (p.p.) em comparação com o trimestre de julho a setembro. Com o resultado, a taxa média anual do índice foi de 9,3% no ano, o que representa uma retração de 3,9 p.p. frente a de 2021, quando marcou 13,2%. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada hoje (28) pelo IBGE.

O resultado anual é o menor desde 2015, mostrando que o mercado de trabalho não apenas confirma a tendência de recuperação após o impacto da pandemia da COVID-19, como ultrapassa o patamar pré-pandemia. “O ano de 2021 foi de transição, saindo do pior momento da série histórica, sob o impacto da pandemia e do isolamento ocorrido em 2020. Já 2022 marca a consolidação do processo de recuperação” afirma Adriana Beringuy, coordenadora de Trabalho e Rendimento do IBGE. “Em dois anos, a desocupação do mercado de trabalho recuou 4,5 p.p.”, calcula. Apesar da reabilitação frente aos últimos anos, a taxa de desocupação ainda se encontra 2,4 p.p. acima do menor nível da série, apresentado em 2014 (6,9%).

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Confirmando a recuperação em 2022, outros índices também se destacaram. O contingente médio anual da população ocupada cresceu 7,4% em comparação com 2021, um incremento de mais 6,7 milhões de pessoas, chegando a 98 milhões. O nível de ocupação também cresceu pelo segundo ano consecutivo, após o menor patamar em 2020 (51,2%) e registrou 56,6%, em 2022.

Número de empregados sem carteira atinge patamar recorde em 2022

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O ano de 2022 também registrou aumento no número de empregados com carteira de trabalho assinada. O empego com carteira subiu 9,2% e chegou a 35,9 milhões de pessoas, consolidando a reversão da tendência iniciada em 2021. “Embora venha crescendo nos últimos dois anos, o índice ainda não é o suficiente para atingir o patamar de 2014, o maior da série”, lembra Beringuy. Em 2014, a estimativa média anual chegou a 37,6 milhões de empregados com carteira de trabalho no setor privado.

Já a média anual de empregados sem carteira assinada também aumentou de 2021 para 2022: 14,9%, passando de 11,2 milhões para 12,9 milhões de pessoas, atingindo seu maior patamar da série histórica. “Nos últimos dois anos, é possível visualizar um crescimento tanto do emprego com carteira quanto do emprego sem carteira. Porém, é nítido que o ritmo de crescimento é maior entre os sem carteira assinada”, explica a especialista.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O número de trabalhadores domésticos subiu 12,2% em 2022, alcançando 5,8 milhões de pessoas, enquanto o de empregadores atingiu o contingente de 4,2 milhões, também um crescimento de 12,2% em relação a 2021. Já os trabalhadores por conta própria totalizaram 25,5 milhões, alta de 2,6% na passagem de 2021 para 2022.

Comércio e serviços puxam alta; Agricultura é o único setor a registrar queda no ano

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O crescimento do mercado de trabalho entre 2021 e 2022 foi disseminado entre as diversas atividades econômicas. Destaque para Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas, que acumulou ganho de 9,4% (mais 1,6 milhão de pessoas) e chegou a cerca de 18,9 milhões de pessoas ocupadas no setor. A atividade que engloba “outros serviços” foi a com maior percentual de aumento da população ocupada, 17,8%, atingindo 5,2 milhões de trabalhadores. A segunda maior alta foi de Alojamento e alimentação, que cresceu 15,8% e viu o contingente de pessoas ocupadas atingir 5,4 milhões.

Apenas o setor de Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura teve queda percentual da população ocupada (-1,6%). A estimativa é que 8,7 milhões de trabalhadores estavam ocupados no setor em 2022.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Em 2022, rendimento médio recua e taxa de informalidade cresce

O ano de 2022 fechou com o valor médio anual do rendimento real habitual estimado em R$ 2.715, o que representa 1% a menos que 2021, perda de R$ 28. Já a média anual da massa de rendimento chegou a R$ 261,3 bilhões e atingiu o maior patamar da série, com alta de 6,9% (mais R$ 16,9 bilhões) em relação a 2021.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A PNAD Contínua também registrou queda na taxa média anual da informalidade, que saiu de 40,1% em 2021 para 39,6% em 2022. “Apesar da redução, a taxa ainda supera o início da série em 2016 (38,6%) e 2020 (38,3%).

Fechando o ano com média de 20,8%, a taxa composta de subutilização teve redução de 6,4 p.p. em relação a 2021 (27,2%), enquanto a média anual da população subutilizada (24,1 milhões de pessoas em 2022) recuou 23,2% frente a 2021.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Trimestre encerrado em dezembro tem queda na desocupação e na subutilização

Considerando apenas o índice do trimestre de outubro a dezembro de 2022, a PNAD Contínua divulgada hoje mostra que a taxa de desocupação (7,9%) foi 0,8 p.p. menor que a do trimestre de julho a setembro de 2022 (8,7%) e 3,2 p.p. inferior à do mesmo trimestre de 2021 (11,1%). A taxa composta de subutilização (18,5%) também apresentou queda: 1,6 p.p. ante o trimestre anterior (20,1%) e 5,8 p.p. no confronto com o mesmo trimestre de 2021 (24,3%).

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A população desocupada chegou a 8,6 milhões de pessoas, queda de 9,4% (menos 888 mil pessoas) frente ao trimestre terminado em setembro e diminuição de 28,6% (menos 3,4 milhões de pessoas) ante o mesmo trimestre móvel de 2021. Já a população ocupada atingiu 99,4 milhões de pessoas, mostrando estabilidade no confronto com o trimestre terminado em setembro, mas com alta de 3,8% (3,6 milhões de pessoas) frente ao mesmo trimestre de 2021.

Por fim, o nível da ocupação de dezembro de 2022 foi de 57,2%, igualando-se ao trimestre anterior (57,2%) e subindo 1,6 p.p. no ano (55,6%).

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

*Com informações de IBGE

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Bolsonaro

Política

A Procuradoria Geral da República (PGR) decidiu arquivar investigações contra o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) por “suposta irregularidade do governo federal, ao violar sistematicamente...

Lula bullying cyberbullying Lula bullying cyberbullying

Economia

No Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (21), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou uma série de medidas para combater a venda...

Fumantes cigarros Tabagismo Fumantes cigarros Tabagismo

Saúde

Em 2022, o Brasil destinou R$ 153,5 bilhões ao tratamento de doenças relacionadas ao tabagismo, montante que equivale a 1,55% do PIB do país....

Celeste Arantes Celeste Arantes

Celebridades

Celeste Arantes, mãe do maior jogador de futebol de todos os tempos Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, faleceu aos 101 anos nesta sexta-feira...

Motorista de BRT Motorista de BRT

Brasil

Um trágico acidente aconteceu na noite da última quinta-feira (20) no centro de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Jorge Henrique...

Namorada Papa Francisco Namorada Papa Francisco

Mundo

Na quinta-feira (20), um estudante filipino pediu ao Papa Francisco que pare de usar linguagem ofensiva ao se referir à comunidade LGBT. A declaração...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

prostituta

Brasil

Na manhã desta sexta-feira (21), um homem de 29 anos foi detido e levado para a Central de Flagrantes em Salvador após contratar uma...

Operação Pseudônimo Operação Pseudônimo

Brasil

Uma ação conjunta do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e da Polícia Civil (PCERJ) resultou na prisão de cinco integrantes de uma...

operacao-da-policia CNHs operacao-da-policia CNHs

São Paulo

Na última quarta-feira (19), o Departamento Estadual de Investigações Criminais da Polícia Civil (Deic) deflagrou uma operação significativa contra fraudes envolvendo o Departamento Estadual...

enem 2023 enem 2023

Brasil

O prazo final para inscrições dos residentes do Rio Grande do Sul no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 encerra-se nesta sexta-feira (21),...

Polícia prende mãe e irmão de 'ex-sinhazinha' achada morta Polícia prende mãe e irmão de 'ex-sinhazinha' achada morta

Brasil

A Polícia Civil do Amazonas concluiu o inquérito investigativo sobre o Caso Djidja, resultando no indiciamento de 11 pessoas envolvidas em atividades ilícitas relacionadas...

MACONHA - CCJ da Câmara pode votar nesta terça PEC que criminaliza posse ou porte de qualquer droga MACONHA - CCJ da Câmara pode votar nesta terça PEC que criminaliza posse ou porte de qualquer droga

Brasil

Na quinta-feira (20), a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado de São Paulo (FICCO/SP), em colaboração com equipes do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR),...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit