Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

TSE Lula Alckmin eleitos
Foto: Ricardo Stuckert/PT

Eleições 2022

TSE proclama Lula e Alckmin eleitos presidente e vice-presidente da República

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na sessão administrativa desta terça-feira (6), proclamou eleitos para os cargos de presidente e vice-presidente da República, respectivamente, Luiz Inácio Lula da Silva e Geraldo Alckmin.

A proclamação foi possível após a aprovação, por unanimidade, do relatório final de totalização do segundo turno das Eleições Gerais 2022. Segundo o artigo 227 da Resolução TSE nº 23.669/2021, “aprovado o relatório final, o TSE proclamará o resultado das eleições no país, publicando-se a decisão no mural eletrônico”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes, informou que, no segundo turno do pleito, realizado em 30 de outubro, entre os eleitores em território nacional e no exterior, foram apurados um total de 124.252.796 votos. Desse total, foram registrados 118.552.353 votos válidos (95,41%), 3.930.765 nulos (3,16%) e 1.769.678 em branco (1,43%). E conforme destacou o ministro, a abstenção ficou em 31.815.791, sendo que, pela primeira vez nas últimas oito eleições, o comparecimento foi maior no segundo turno.

Com relação à votação por candidato, foram contabilizados 118.552.353 votos válidos. Luiz Inácio Lula da Silva recebeu 60.345.999 votos (50,9% do total de votos válidos), contra 58.206.354 (49,1%) votos recebidos por Jair Messias Bolsonaro.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

De acordo com a área técnica do TSE, não foram localizados Recursos Contra Expedição de Diploma relativos ao pleito deste ano Eleições 2022 contra Luiz Inácio Lula da Silva e Geraldo Alckmin. “É importante citar neste momento a inexistência de processo em que se questiona a inelegibilidade para presidente e vice-presidente da República nestas eleições, não havendo qualquer óbice à proclamação do resultado definitivo”, assentou Moraes.

O relatório final foi aprovado por unanimidade e, assim, Moraes proclamou eleitos os candidatos escolhidos nas urnas em outubro. Além disso, o ministro informou que, conforme acordado entre a Presidência do Tribunal e a equipe do governo de transição, fica designada oficialmente para 12 de dezembro, às 14h, a realização da cerimônia de diplomação.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Grupos

Para a apuração dos resultados das eleições presidenciais, as 27 unidades federativas foram divididas em seis grupos, que foram sorteados no dia 29 de setembro entre os ministros da Corte, com exceção do presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A distribuição foi a seguinte: Grupo 1 (ministro Raul Araújo) – Alagoas, Amazonas, São Paulo e Tocantins; Grupo 2 (ministro Carlos Horbach) – Minas Gerais, Mato Grosso, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul; Grupo 3 (ministro Ricardo Lewandowski) – Ceará, Sergipe, Maranhão e Goiás; Grupo 4 (ministra Cármen Lúcia) – Pará, Paraná, Piauí e Rio de Janeiro. Grupo 5 (Benedito Gonçalves) – Bahia, Paraíba, Pernambuco e Santa Catarina; e Grupo 6 (Sérgio Banhos) – Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Acre, Amapá, Roraima e Rondônia.

Os relatórios parciais referentes ao primeiro turno em cada um dos grupos foram aprovados pelo Plenário ainda em outubro. Já quatro relatórios parciais sobre a segunda etapa do pleito foram aprovados em novembro, e, na sessão de hoje, o documento do Grupo IV também foi acolhido pelos ministros.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Segundo a relatora do Grupo IV, ministra Cármen Lúcia, foram cumpridas todas as exigências legais para a totalização dos resultados no Rio de Janeiro, Piauí, Pará e Paraná. “Foram analisadas as informações prestadas, e não houve a apresentação de impugnação nesses estados”, destacou a ministra, que votou pela aprovação do relatório, sendo acompanhada pelos demais membros da Corte.

O vice-procurador-geral eleitoral, Paulo Gustavo Gonet Branco, destacou que, com base no último relatório parcial (do Grupo IV), se pode afirmar que não houve irregularidade nem suscitada e nem aparente no pleito para a presidência da República, cabendo assim a proclamação final do resultado apurado. E saudou a condução do processo de votação e de apuração pelo (TSE).

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“Os relatórios revelam que a Corte liderada por Vossa Excelência, ministro presidente, soube encaminhar esse ato crucial para o regime democrático de modo altivo, aberto, probo e limpo, mais uma vez acudindo ao chamamento dos melhores valores democráticos”, finalizou Gonet Branco.

*Com informações de Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Capa

A Avenida Paulista, em São Paulo, foi tomada por milhares de apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) neste domingo (25) em um ato em defesa...

Brasil

A Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) do Rio Grande do Norte está oferecendo uma recompensa de R$ 15 mil por...

Últimas Notícias

Novos dados divulgados  pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira, 23, apontam um crescimento significativo no número de pessoas vivendo em...

Brasil

Apesar do progresso nas últimas décadas, o Brasil ainda enfrenta um desafio significativo no quesito saneamento básico: mais de 1,2 milhão de pessoas (0,6%...

Ciência e Tecnologia

Um módulo espacial americano não tripulado pousou com sucesso na Lua na quinta-feira (22), marcando a primeira vez que uma nave espacial dos EUA...

Antony Blinken Antony Blinken

Destaques

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, se manifestou nesta quinta-feira (22) sobre a conversa que teve com o presidente Luiz Inácio Lula da...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Bolsonaro e Malafaia

Brasil

O pastor Silas Malafaia, um dos organizadores da manifestação em apoio ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) neste domingo (25) na avenida Paulista, em São...

apartamento em campinas apartamento em campinas

São Paulo

Um apartamento no segundo andar de um prédio na Rua Hércules Florence, em Campinas, foi palco de uma sequência de explosões seguida de um...

São Paulo

Neste domingo (25), o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) discursou na Avenida Paulista, em São Paulo, diante de uma multidão reunida no local. Em seu...

São Paulo

Neste domingo (25),  durante um evento na Avenida Paulista, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), recordou o governo de Jair Bolsonaro...

Michelle na Paulista Michelle na Paulista

Últimas Notícias

A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro fez uma oração neste domingo (25) no início do ato na Avenida Paulista, em São Paulo, convocado pelo ex-presidente Jair...

Últimas Notícias

O Secretário da Segurança Pública de São Paulo, Guilherme Derrite, divulgou um vídeo com imagens aéreas da Avenida Paulista durante a manifestação convocada por...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO