Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Justiça

“Os lobos não levarão a melhor”, diz Lewandowski, em artigo para a Folha

Em artigo publicado no jornal Folha de S.Paulo neste domingo (24), o ministro do Supremo. O magistrado usou a fábula “O Lobo e o Cordeiro”, de Jean de La Fontaine, para comentar os questionamentos e polêmicas dos detratores do processo eleitoral” brasileiro.

Eis o artigo:

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

 

As fábulas constituem um gênero literário, de cunho popular, disseminado de boca a boca por diferentes povos desde a mais remota antiguidade. Elas têm como personagens animais com características humanas, cujas ações refletem os defeitos e as virtudes das pessoas. Desde a origem, foram empregadas para criticar ricos e poderosos por meio de sátiras e alegorias, culminando, usualmente, com uma frase que encerra uma lição de moral.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Atribui-se a paternidade dessas narrativas ao escritor Esopo, que viveu na Grécia Antiga (620 a. C. -564 a. C. ). Sua vasta obra serviu de inspiração, além de outros, ao ensaísta romano Fedro (20 a. C. -50 d. C.) e ao literato francês La Fontaine (1621-1695), que reescreveram, com traços estilísticos próprios, algumas das historietas do autor grego, dentre as quais uma das mais famosas, intitulada ‘O Lobo e o Cordeiro’, grosso modo abaixo reproduzida.

Em um pequeno córrego, bebia água um lobo faminto, quando se aproximou mais abaixo um cordeiro, que também começou a beber.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Com um olhar ameaçador e dentes arreganhados, o lobo grunhiu: ‘Como você ousa turvar a água onde bebo?’.

O cordeiro, humildemente, redarguiu. ‘Eu estou abaixo da correnteza e, por isso, não poderia sujar a sua água’ O lobo, enraivecido, rosnou. ‘Seja como for, sei que você andou falando mal de mim no ano passado: ‘ O cordeiro, tremendo de medo, retrucou: ‘Não é possível, no ano passado, eu ainda não tinha nascido’.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O lobo, pego de surpresa, replicou. ‘Se não foi você, foi seu irmão, o que dá no mesmo: Apavorado, o cordeiro defendeu-se, mais uma vez, retorquindo: ‘Eu não tenho irmão, sou filho único’. Já salivando, o lobo rezingou: ‘Então, foi alguém que você conhece, um outro cordeiro, um pastor ou um dos cães que cuidam do rebanho’. E, saltando sobre ele, devorou-o. Moral da história: quem pretende usar a força não se sensibiliza com nenhum argumento.

Esta velha fábula remete-nos à inusitada situação vivida atualmente no Brasil, na qual agentes governamentais, secundados por integrantes de estamentos armados — ao que se sabe, minoritários — colocam em dúvida, mediante alegações completamente infundadas, a segurança das urnas eletrônicas, que há cerca de 25 anos captam e computam, sem maiores contestações, os votos dos eleitores brasileiros.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Quem acompanha essa polêmica, no mínimo farsesca, constata estupefato que, a cada refutação ofertada por juristas e técnicos em informática, os detratores de nosso processo eleitoral, respeitado pela grande maioria dos cidadãos brasileiros e admirado pela comunidade internacional, articulam renovadas cavilações para solapar a credibilidade do pleito que se avizinha, com a ameaça velada de rejeitar o seu resultado, caso os candidatos pelos quais externam despudorada preferência não se sagrem vencedores.

Ocorre que, desta feita, contrariando o epílogo da parábola esopiana, os lobos não levarão a melhor, por mais que elaborem sofismas e exibam as presas, pois os hoje mais de 150 milhões de brasileiros aptos a votar — os quais de cordeiros não têm nada —, escaldados pelos  incontáveis retrocessos institucionais que maculam acrônica política nacional, certamente haverão de fazer prevalecer a sua vontade soberana.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A moral dessa nova narrativa talvez possa ser sintetizada na sempre oportuna advertência de Ulysses Guimarães: ‘Nosso povo cresceu, assumiu o seu destino, juntou-se em multidões, reclamou a restauração democrática, a justiça social e a dignidade do Estado’.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

Destaques

Gabriela Hardt

Últimas Notícias

Nesta terça-feira (16), a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) emitiu uma nota expressando “preocupação” em relação à recente decisão de afastamento cautelar de juízes...

Mundo

O gabinete de guerra de Israel se reuniu na segunda-feira para discutir como responder ao ataque aéreo sem precedentes do Irã, sem irritar os...

Glauber Braga Glauber Braga

Política

Na tarde desta terca-feira (16), o deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ) discutiu e tentou partir para cima do seu colega Kim Kataguiri (União Brasil-SP)....

São Paulo

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de São Paulo, desencadeou a Operação Muditia, resultando na apreensão...

Destaques

Os Correios divulgaram hoje, terça-feira (16), detalhes sobre o próximo concurso público da estatal, que visa preencher cargos de nível médio e superior. Segundo...

Colmeia Mágica Vila Formosa SP Colmeia Mágica Vila Formosa SP

São Paulo

Um novo inquérito da Polícia Civil de São Paulo revelou que pelo menos 37 crianças sofreram torturas e maus-tratos na creche Colmeia Mágica, na...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

Na tarde desta terça-feira (16), uma situação inusitada chocou funcionários e clientes de uma agência bancária em Bangu, na Zona Oeste do Rio de...

UPBus UPBus

Últimas Notícias

Na manhã desta terça-feira (16), o juiz Leonardo Valente Barreiros, da 1ª Vara de Crimes Tributários, Organização Criminosa e Lavagem de Bens e Valores...

Brasil

Na tarde desta terça-feira (16), funcionários de uma agência bancária em Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro, relataram suspeitas em relação à conduta...

Moraes Moraes

Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, emitiu uma ordem nesta terça-feira (16/4), exigindo que os representantes da empresa X (anteriormente...

Brasil

Uma tragédia abalou Campinas (SP), onde uma jovem de 18 anos, Ariane, foi brutalmente assassinada por um homem mais velho após encerrar um relacionamento...

São Paulo

Na segunda-feira (15), Marcos Vinicius Paulino, trabalhador rural de 27 anos, revelou ao delegado João Delfino de Souza, em Caconde (SP), não sentir arrependimento...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit