Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Gilmar Mendes semipresidencialismo sem plebiscito
Foto: Divulgação/STF

Justiça

Gilmar Mendes admite que mudou voto sobre prisão em 2ª instância após “leitura política”

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, admitiu nesta quarta-feira (06) que mudou seu voto sobre a prisão após condenação em 2ª instância após realizar uma “leitura política” sobre o caso.

A mudança do voto de Gilmar ocorreu em 2019, quando Lula estava preso, e permitiu que o petista deixasse a cadeia antes mesmo da anulação de suas condenações na Lava Jato pelo STF.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“O voto do senhor foi determinante para que o STF revisse a jurisprudência e voltasse a proibir a prisão após condenação em segunda instância. Por que mudou de ideia?”, questionou o jornalista ao magistrado.

“A jurisprudência tradicional do Tribunal desde antes da Constituição de 1988 era de que, com a decisão de segundo grau, você podia mandar prender. Sempre foi assim. Em 2009, passou-se a entender que o texto constitucional exige o trânsito em julgado. E assim ficou”, respondeu Gilmar.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“Na Lava Jato, se construiu com Teori a ideia de que era possível rever aquilo, estabelecendo a possibilidade de antecipar a execução da pena”, continuou o magistrado.

“Com a configuração de todo o quadro, acabei fazendo uma leitura política e anunciei, na Turma, que não seguiria mais a jurisprudência e mudaria de posição quando o caso fosse levado ao plenário”, confessou o ministro do STF.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

Destaques

Últimas Notícias

O embate entre o bilionário sul-africano Elon Musk, proprietário da antiga plataforma de mídia social “X” (ex-Twitter), e o Supremo Tribunal Federal (STF) do...

Últimas Notícias

Em entrevista à CNN nesta segunda-feira, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, deixou claro que não tolerará invasões de terras pelo Movimento...

mauro vieira mauro vieira

Últimas Notícias

O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, posicionou-se em defesa da nota emitida pelo Itamaraty em resposta ao ataque do Irã a Israel, afirmando...

OAB saidinha OAB saidinha

Últimas Notícias

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) declarou apoio à decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de vetar um trecho da...

barco pará barco pará

Destaques

Uma embarcação com corpos foi descoberta no sábado (13) por pescadores no litoral do Pará. Segundo o capitão dos Portos da Amazônia Oriental, Ewerton...

Últimas Notícias

A apresentadora Silvia Popovic foi vítima de um assalto na tarde de domingo (14), na região central de São Paulo. Em um vídeo publicado...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

Atualmente, há registros de paralisações em várias instituições de ensino superior e técnico do Brasil. Ao menos 48 universidades, 71 institutos federais e um...

Brasil

A cantora sertaneja Lígia Fernanda Gonçalves, também conhecida como Nanda Ferraz, de 34 anos, faleceu em um acidente de carro na Rodovia Vicinal Luiz...

Brasil

Uma mulher de 38 anos morreu afogada ontem, dia 14, na piscina de Machácara, em Limeira, no interior de São Paulo, enquanto participava da...

Últimas Notícias

Por Arthur Virgílio Prezado colega Celso Amorim.CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO Li sua declaração, afirmando que o Irã dos aiatolás eunucos e misóginos “fez...

Brasil

Seis indivíduos foram detidos em flagrante no domingo (14), suspeitos de tentativa de fraude durante a realização de um concurso público em Vargem Grande...

Brasil

As intensas chuvas que afetam diversas regiões do Maranhão estão exacerbando o fenômeno das voçorocas em Buriticupu, localizada a cerca de 400 km de...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit