Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Política

TCU delega à PGR bloqueio imediato dos bens de Moro

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu compartilhar com a Procuradoria-Geral da República (PGR) documentos sobre o dinheiro recebido por Sergio Moro na banca de advocacia da Alvarez & Marsal.

O TCU ainda pediu que o MPF decida sobre o pedido imediato dos bloqueios de bens de Moro.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A suspeita é de que o ex-juiz tenha, como advogado, depois de deixar o governo Bolsonaro, recebido valores de empresas que ele julgou, condenou e avalizou acordos de leniência.

No despacho, Bruno Dantas afirma que os fatos precisam ser melhor apurados e assevera que a empresa de advocacia não esclareceu se pagou Moro por serviços prestados para empreiteiras julgadas na Lava Jato.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“Não tenho dúvidas de que são fatos que precisam ser mais bem apurados. E é por essa razão que me causa estranheza certa atuação apressada de qualquer peticionante que pretenda interromper o fluxo natural do processo, antes mesmo da conclusão das apurações. É natural que os investigados desejem esse desfecho, mas não os órgãos de investigação, de quem se espera imparcialidade independentemente de simpatias pré-existentes”, diz Dantas.

De acordo com a decisão, a Alvarez & Marsal “recebeu cerca de R$ 40 milhões de empresas condenadas na Lava Jato, sendo R$ 1 milhão por mês da Odebrecht e Ativos (antiga agroindustrial), R$150 mil da Galvão Engenharia, R$ 97 mil da OAS e R$ 115 mil mensais do Estaleiro Enseada”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Moro foi contratado pela Alvarez e Marsal após deixar o Ministério da Justiça e Segurança Pública do Governo Bolsonaro. Ele ficou nos quadros da empresa, contratada por empreiteiras da Lava Jato, até decidir ser candidato à Presidência.

A suspeita é a de que as empresas que ele julgou como juiz tenham abastecido cofres da banca que ele passou a integrar como advogado, uma vez fora do governo.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Moro sempre alegou que não houve conflito de interesse é que nunca atuou para as empresas que julgou. Notas fiscais listadas pelo TCU, no entanto, colocam essa tese em discussão.

“Se por um lado, a documentação já constante dos autos ainda não caracteriza as irregularidades apontadas na inicial [peça do Ministério Público de Contas, que iniciou a investigação], ela é mais do que suficiente para justificar a continuidade das investigações, considerando a fase preliminar em se encontra o processo, sem prejuízo de representar ao Poder competente sobre irregularidades ou abusos apurados no curso das investigações, conforme imperativo constitucional”, diz Bruno Dantas, relator do caso.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Com esses fundamentos, o ministro compartilhou os achados do TCU com a Procuradoria-Geral da República e deixou a cargo da PGR a reivindicação imediata do bloqueio dos bens de Moro.

“Determino a remessa de cópia integral destes autos ao Procurador-Geral da República para que examine a matéria e, se entender ser o caso, determine as providências para a sua apuração, assim como quanto à pertinência do eventual bloqueio de bens pugnado pelo Ministério Público de Contas”, diz Dantas na decisão.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

martelo

Brasil

Na noite de quinta-feira (23), um adolescente de 16 anos confessou ter matado seus pais adotivos a marteladas após uma discussão sobre uma aula...

Destaques

Um detalhe até então despercebido em uma fotografia, capturando o reflexo de Lourival Correa Netto Fadiga em um momento de lazer de Anic Herdy,...

Brasil

Um crime brutal chocou a Zona Oeste do Rio na noite desta quinta-feira (23). Um adolescente de 16 anos foi apreendido após assassinar os...

RESUMO DO DIA

✅Alerta Vermelho Em Cruzeiro Do Sul: Defesa Civil Adverte Para Evacuação Por Risco De Deslizamento Alerta Vermelho em Cruzeiro do Sul: Defesa Civil Adverte...

são Paulo frio são Paulo frio

São Paulo

Uma mudança drástica no clima está prevista para este fim de semana na capital paulista, após dias de calor e céu aberto. Segundo informações...

Política

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou, nesta sexta-feira (24), a morte de Michel Nisembaum, brasileiro de 59 anos capturado pelo Hamas em...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

Moradores do Anil, Zona Oeste do Rio de Janeiro, estão em choque após acusações de manipulação eleitoral. O síndico atual é acusado de pagar...

Michel Nisembaum, Michel Nisembaum,

Brasil

Hen Mahlouf Nisenbaum, cujo pai é Michel Nisenbaum, expressou profundo pesar pela perda de seu pai de 59 anos, que foi vítima fatal da...

Isabelly Aparecida Ferreira Moro ácido Isabelly Aparecida Ferreira Moro ácido

Brasil

Uma mulher foi detida pela Polícia Militar (PM-PR) nesta sexta-feira (24) sob suspeita de ter lançado ácido na jovem Isabelly Aparecida Ferreira Moro (foto),...

Lamborghini Lamborghini

São Paulo

Na tarde da última quarta-feira (22), o suspeito de um assalto que culminou no roubo de um Rolex avaliado em R$ 200 mil na...

Cigarros eletrônicos no brasil Cigarros eletrônicos no brasil

São Paulo

Em uma ação conjunta para combater a venda ilegal de cigarros eletrônicos em São Paulo, a Receita Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (24)...

São Paulo

Um incêndio de grandes proporções atingiu uma indústria em Guarulhos, na Grande São Paulo, durante a madrugada desta sexta-feira (24). Felizmente, não há registro...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit