Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Pacheco e Lira
Foto: Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Política

PCC monitorou residências de Pacheco e Lira por três meses

O Primeiro Comando da Capital (PCC) monitorou as residências oficiais dos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), durante pelo menos três meses, segundo o Ministério Público de São Paulo (MPSP). A informação foi confirmada pela Polícia Federal (PF), que cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão contra integrantes da facção nesta quinta-feira (14). A informação consta em um relatório de inteligência da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). 

Fotos das duas casas foram encontradas em celulares apreendidos pela investigação. Um relatório de inteligência do MPSP apontou que o grupo montou uma operação, batizada de “Missão Brasília”, para levantar endereços dos políticos, vigiar horários e até mesmo o número de seguranças nas residências de Pacheco e Lira.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Nas anotações constam que, de maio a julho deste ano, a facção gastou cerca de R$ 2,5 mil por mês com o aluguel de uma casa na capital federal. O local serviu de base para os criminosos. A organização também teria gastado R$ 4 mil com transportes por aplicativo, durante 15 dias, para “correr atrás de terreno para compra”, além de R$ 44 mil em gastos como compra de aparelhos celulares, seguro, IPTU, alimentação, mobília e compra de eletroeletrônicos.

O promotor do MPSP, Lincoln Gakiya, reuniu-se com a cúpula do Sistema Penitenciário Federal em Brasília na sexta-feira (8). O encontro foi na Secretaria Nacional de Políticas Penais, do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A pasta é responsável pelos cinco presídios federais do Brasil, que abrigam as lideranças da facção paulista. Gakiya é apontado como um dos alvos antigos da facção paulista por atuar no combate ao crime organizado.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Um documento em nome do secretário nacional de Políticas Penais, Rafael Velasco, foi enviado para agentes que trabalham nos cinco presídios federais do Brasil, com atenção especial para as penitenciárias de Brasília e de Campo Grande (MS). O ofício informou sobre as ameaças de facções criminosas contra agentes e planos de resgate de lideranças criminosas, como Marcola. O documento falava para que todos “redobrem a atenção” e “não baixem a guarda”. O presídio de Brasília também teve reforço de 50 policiais.

A PF cumpriu nesta quinta-feira três mandados de prisão e 16 de busca e apreensão contra integrantes da célula “Sintonia Restrita”, do PCC, que é responsável pela “missão Brasília” apontada pelas autoridades. Os alvos são suspeitos de planejar ataques contra autoridades e instituições públicas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Últimas Notícias

No domingo, o presidente do Irã, Ebrahim Raisi, e várias autoridades estavam a bordo de um helicóptero que fez uma “aterrissagem forçada” na região...

Brasil

 A noite deste domingo (19) foi marcada por mais tensão em Porto Alegre, que ainda luta contra os efeitos das enchentes que assolam o...

Netflix, “Ashley Madison Netflix, “Ashley Madison

Entretenimento

A plataforma de namoro para casados, Ashley Madison, sofreu um ataque cibernético massivo em 2015, que revelou os dados pessoais de 32 milhões de...

roque sbt roque sbt

Televisão

Gonçalo Roque, conhecido por sua longa trajetória como assistente de palco nos programas de Silvio Santos, foi hospitalizado neste sábado (18) após desmaiar durante...

Brasil

Um homem que vivia em um caminhão às margens do Guaíba, em Porto Alegre, foi assassinado a tiros na noite deste sábado (18). O...

Vídeos

Apesar das condições climáticas adversas, equipes de resgate iranianas se deslocaram para a fronteira com o Azerbaijão em busca do presidente iraniano, Ebrahim Raisi,...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

São Paulo

Um homem de 74 anos foi preso pela Polícia Militar por embriaguez ao volante após causar um acidente de trânsito na Rodovia Oswaldo Cruz...

Sem categoria

Dois homens, de 30 e 34 anos, foram detidos neste domingo (19) após furtarem doações destinadas às vítimas das enchentes no Rio Grande do...

iphone de argila iphone de argila

Brasil

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) aceitou a denúncia contra o influenciador e MC Daniel Augusto Bicalho Ferreira de Souza, suspeito de...

Brasil

A advogada e estudante de Psicologia Anic de Almeida Peixoto Herdy, de 55 anos, está desaparecida desde 29 de fevereiro deste ano. Da última...

bombas sabesp bombas sabesp

Brasil

Bombas de água enviadas pela Companhia de Saneamento Básico de São Paulo (Sabesp) entraram em operação neste domingo (19), no bairro Sarandi, na Zona...

PF abre inquérito para investigar Pablo Marçal, Eduardo Bolsonaro, Cleitinho, jornalistas e perfis nas redes sociais por supostas "fake news" sobre o Rio Grande do Sul PF abre inquérito para investigar Pablo Marçal, Eduardo Bolsonaro, Cleitinho, jornalistas e perfis nas redes sociais por supostas "fake news" sobre o Rio Grande do Sul

Brasil

O número de mortos devido às fortes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul aumentou para 157. A informação está no boletim da...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit