Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Política

STF analisa recurso do INSS sobre revisão da vida toda das contribuições à Previdência Social

O Supremo Tribunal Federal (STF) está programado para julgar nesta quarta-feira (20) o recurso apresentado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) referente à chamada “revisão da vida toda” das contribuições à Previdência Social. Este caso é o terceiro item na pauta do dia, seguindo duas ações relacionadas ao combate a incêndios no Pantanal. Os ministros irão deliberar sobre a possível alteração de uma decisão anterior do próprio STF, emitida em 2022.

Naquela ocasião, a Corte reconheceu a viabilidade da revisão da vida toda e permitiu aos aposentados que ingressaram com ações judiciais solicitar o recálculo do benefício levando em conta todas as contribuições feitas ao longo de suas vidas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A revisão da vida toda possibilita aos segurados optarem pela regra que resulte em um cálculo mais vantajoso para sua aposentadoria. Anteriormente, apenas as contribuições a partir de julho de 1994, início do Plano Real, eram consideradas, o que prejudicava os beneficiários que possuíam salários mais altos antes desse período.

Com essa medida, toda a trajetória contributiva pode ser considerada no cálculo da aposentadoria e de outros benefícios do INSS, com exceção do auxílio-maternidade. Contudo, essa regra é aplicável apenas para aqueles que se aposentaram nos últimos dez anos e que tenham solicitado a aposentadoria antes da reforma da Previdência de 2019.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Em 1999, o Congresso Nacional modificou a forma de cálculo dos salários para determinar a aposentadoria dos segurados do INSS. Antes disso, o cálculo era baseado na média dos 36 últimos salários de contribuição. Com a reforma, foram criadas duas fórmulas para definir o benefício, uma transitória para os segurados existentes e outra definitiva para os novos contribuintes a partir de 27 de novembro de 1999.

Ambas as fórmulas calculam a média salarial com base em 80% das maiores contribuições, mas diferem no marco temporal utilizado: as contribuições feitas antes da criação do Real em 1994 foram desconsideradas para os segurados existentes, enquanto para os novos contribuintes são consideradas desde o início das contribuições.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Em relação à evolução do julgamento sobre o tema:
– Dezembro de 2022: O STF decidiu a favor da tese da revisão da vida toda, permitindo aos segurados escolherem a regra mais vantajosa para o cálculo da aposentadoria pelo INSS, com placar de 6 a 5 pela aprovação.
– Fevereiro de 2023: O INSS solicitou ao STF a suspensão de todos os processos de aposentadoria ligados à medida, até que a questão fosse definitivamente decidida.
– Fevereiro de 2023: O ministro Alexandre de Moraes determinou que o INSS apresentasse um planejamento sobre o tempo necessário para implementar os pagamentos da revisão da vida toda.
– Abril de 2023: O STF publicou o acórdão da revisão da vida toda do INSS, garantindo a correção no benefício aos aposentados e pensionistas que ingressassem com uma ação.
– Maio de 2023: A Advocacia-Geral da União (AGU) recorreu da decisão do STF, apresentando um recurso chamado embargo de declaração para esclarecer pontos da tese definida pelo Supremo.
– Julho de 2023: Moraes determinou a suspensão do trâmite de todos os processos relacionados ao tema até a publicação da ata de julgamento dos embargos de declaração.
– Agosto de 2023: O julgamento foi suspenso para Cristiano Zanin pedir vista.
– Novembro de 2023: O julgamento foi retomado.
– Dezembro de 2023: Moraes pediu destaque e suspendeu o julgamento, que estava no plenário virtual, levando a decisão para o plenário físico da Corte para recomeçar.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

Destaques

Carlos Teixeira

São Paulo

As últimas palavras de Carlos Teixeira, o jovem de 13 anos que faleceu após ser agredido por colegas na Escola Estadual Júlio Pardo Couto...

Últimas Notícias

Nesta quinta-feira (18), o ministro Gilmar Mendes manifestou forte desaprovação em relação à possibilidade de abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) pela...

Israel Israel

Últimas Notícias

O Exército de Israel informou neste sábado que abateu dez terroristas durante uma operação que começou na quinta-feira à noite no campo de refugiados...

RESUMO DO DIA

✅PGR Apela Contra Decisão Do STF Que Permitiu Remoção Da Tornozeleira Eletrônica De Rogério Andrade PGR Apela Contra Decisão do STF que Permitiu Remoção...

Inteligência artificial empregos mundo FMI Inteligência artificial empregos mundo FMI

Destaques

A Inteligência Artificial (IA) continua a avançar em um ritmo exponencial, ultrapassando os seres humanos em várias competências cognitivas e estabelecendo novos recordes no...

Hezbollah Hezbollah

Últimas Notícias

O Exército de Israel realizou na sexta-feira um novo bombardeio contra um “edifício militar” do partido-milícia xiita Hezbollah no sul do Líbano, como parte...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

idoso morto

Brasil

A representante legal de Érika de Souza Vieira Nunes, sobrinha de Paulo Roberto Braga, conhecido como Tio Paulo, de 68 anos, que faleceu enquanto...

Brasil

A Secretaria de Assistência Técnica e Defesa Agropecuária (Sada), por meio da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Piauí (Adapi), identificou três focos...

Brasil

A Polícia Penal Federal realizou a prisão de um indivíduo neste sábado (20) nas dependências da Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia. O...

Brasil

Após receber uma carta escrita por Daniel Cravinhos durante um programa de televisão, Andreas von Richthofen, irmão de Suzane von Richthofen, declarou que não...

Últimas Notícias

O advogado de defesa de Marcelo Carrião, ex-apresentador de telejornal detido por tráfico de drogas em Santos, recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ)...

Brasil

De acordo com a Secretaria da Segurança Urbana de Itaquaquecetuba, os encontros conhecidos como bailes funk de rua, também chamados de pancadões, foram menos...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit