Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Lula
Foto: Ricardo Stuckert/PR

Política

Lula edita MP que dispensa licitação em casos de calamidade pública

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinou uma medida provisória (MP) que flexibiliza a Lei das Licitações para acelerar as compras públicas em situações de calamidade, especialmente devido às enchentes que assolam o Rio Grande do Sul há 2 semanas. A MP foi publicada em uma edição extra do Diário Oficial da União (DOU) na última sexta-feira (17).

O decreto de Lula permite a redução ou até mesmo a supressão de algumas regras da legislação para estados com situação de calamidade reconhecida pelo poder público.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A medida se aplica a casos urgentes que possam afetar a segurança das pessoas ou comprometer a continuidade dos serviços públicos.

“O disposto nesta Medida Provisória aplica-se apenas às medidas excepcionais a serem adotadas para enfrentamento das consequências decorrentes do estado de calamidade de que trata ocaput, quando caracterizada urgência de atendimento de situação que possa ocasionar prejuízo ou comprometer a continuidade dos serviços públicos ou a segurança de pessoas, de obras, de serviços, de equipamentos e de outros bens, públicos ou particulares”, diz o texto assinado pelo governo federal.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

As principais mudanças incluem a “dispensa de licitações para compra de bens e contratação de obras e serviços, inclusive de engenharia”, conforme destaca o texto. Os prazos mínimos para a apresentação de propostas e lances em processos licitatórios serão reduzidos pela metade.

Os contratos vigentes poderão ser prorrogados por até 12 meses além dos prazos estabelecidos. Em situações de extrema urgência, será permitido firmar contratos verbais de até R$ 100 mil, ampliando o limite atual de R$ 10 mil.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A MP também dispensa a necessidade de estudos técnicos preliminares na fase preparatória da licitação para aquisição de bens ou contratação de obras e serviços. O gerenciamento de riscos será exigido apenas durante a gestão do contrato.

Os contratos firmados terão prazo máximo de um ano, com possibilidade de prorrogação por mais um ano, desde que as condições de preços sejam vantajosas para a administração pública. Para contratos de execução de obras e serviços de engenharia específicos, o prazo de conclusão será de no máximo três anos.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Todos os contratos realizados sob a MP deverão ser disponibilizados no Portal Nacional de Contratações Públicas, detalhando a empresa contratada, prazos, valores e especificações do serviço contratado.

A Medida Provisória entra em vigor imediatamente e será analisada pelo Congresso Nacional em até 120 dias.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Mundo

O impacto de vários projéteis russos em uma área residencial na cidade de Kharkiv, no nordeste da Ucrânia, resultou na morte de pelo menos...

Mundo

Em meio à crescente tensão na fronteira entre Israel e o Líbano, o Exército israelense informou neste sábado que atacou um posto de observação...

Mundo

O mundo está à beira de uma catástrofe, disse o Secretário-Geral da ONU, António Guterres, na sexta-feira, apontando os riscos de um potencial conflito...

Mundo

Três pessoas morreram e 10 ficaram feridas em um tiroteio em um supermercado em Fordyce, no Arkansas (EUA). A informação foi dada pela Polícia...

Brasil

Professores de ao menos 25 universidades federais encerraram a greve iniciada em meados de abril, de acordo com apuração da Agência Brasil. O prazo...

Alexandre de Moraes Alexandre de Moraes

Justiça

Nesta sexta-feira (21), o congressista republicano Chris Smith enviou uma carta ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, exigindo esclarecimentos sobre...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

O Procon de Porto Alegre interditou por cinco dias o Supermercado Sarandi, localizado no bairro homônimo, após fiscalização realizada na tarde de sexta-feira (21)....

Brasil

Dois homens suspeitos de envolvimento na tentativa de assalto a um carro-forte no Aeroporto Hugo Cantergiani, em Caxias do Sul (RS), no dia 19...

Brasil

O influenciador digital Mateus da Silva Ferreira, conhecido como Mateus Doido, de 22 anos, foi morto a tiros na noite de sexta-feira (21) na...

Tarcísio de Freitas Tarcísio de Freitas

São Paulo

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), enviou uma defesa ao Supremo Tribunal Federal (STF) em apoio à lei que institui escolas...

Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, afirmou neste sábado (22) que o mundo enfrenta uma “prova de fogo” para preservar...

Brasil

Um homem de 28 anos faleceu após cair da sacada de um prédio na manhã de sexta-feira (21), na Vila Andrade, zona oeste de...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit