Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Educação

Cada ano de escolaridade reduz risco de mortalidade em quase 2%, aponta estudo global

Um recente estudo global, analisando 603 pesquisas em todo o mundo, trouxe à tona a conexão entre a educação e a mortalidade, comparando a falta de educação com comportamentos prejudiciais à saúde, como fumar ou beber em excesso.

De acordo com a pesquisa publicada na renomada revista científica The Lancet Public Health , cada ano de escolaridade pode resultar em uma redução de quase 2% no risco de mortalidade. Surpreendentemente, a falta de qualquer educação foi equiparada a danos à saúde comparáveis a fumar 10 cigarros por ano ao longo de uma década ou consumir álcool em excesso.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O coautor e diretor do Centro de Investigação sobre Desigualdades na Saúde Global da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia (NTNU), Dr. Terje Andreas Eikemo, enfatizou a importância da educação, não apenas para a saúde, mas também destacou o avanço significativo em quantificar o impacto desse benefício.

Os dados revelaram que aqueles que concluíram o ensino primário apresentaram um risco médio de morte 13% menor, enquanto os que completaram o ensino secundário registraram uma redução impressionante de 25% no risco de morte em comparação com os que não concluíram essa etapa. Aqueles com 18 anos de escolaridade experimentaram uma notável diminuição de 34% no risco de mortalidade.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Os pesquisadores destacaram que os resultados se assemelham aos efeitos protetores de uma dieta saudável e atividade física, contrastando com os malefícios do tabaco e álcool. Claire Henson, coautora e pesquisadora do Instituto de Métricas e Avaliação da Saúde (IHME) da Universidade de Washington, ressaltou a importância de fechar o fosso da educação para reduzir as disparidades na mortalidade.

“Fechar o fosso da educação significa fechar o fosso da mortalidade, e precisamos interromper o ciclo da pobreza e das mortes evitáveis com o compromisso internacional”, afirmou Henson em comunicado.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A análise também apontou que investir em áreas que promovam oportunidades educacionais pode ter um impacto positivo na saúde da população em todo o mundo. A pesquisa, predominantemente proveniente de regiões com altos rendimentos, destaca a necessidade urgente de mais estudos em áreas onde o acesso à educação é limitado.

“Ao aumentar os anos de escolaridade globalmente, podemos contribuir para reverter as disparidades crescentes em termos de mortalidade”, concluíram os autores, chamando a atenção para a importância do compromisso internacional nessa busca por equidade educacional e de saúde.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

Destaques

Últimas Notícias

O repórter investigativo Afonso Monaco, conhecido por seu trabalho na TV Record, nos programas Domingo Espetacular e Câmera Record, morreu aos 79 anos na...

Últimas Notícias

O presidente da Argentina, Javier Milei, surpreendeu ao anunciar nesta sexta-feira (12) o término de seu relacionamento com a atriz Fátima Floreza, em uma...

Últimas Notícias

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) deu início à segunda fase da investigação sobre a suposta infiltração do Primeiro Comando da Capital (PCC)...

Gleisi Hoffmann Gleisi Hoffmann

Últimas Notícias

Em uma declaração feita durante sua visita à China, a presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) e deputada federal, Gleisi Hoffmann, enfatizou o modelo...

Mundo

A Polícia australiana informou neste sábado(13) que pelo menos seis pessoas perderam a vida e várias outras ficaram feridas em um ataque a faca...

Moraes Moraes

Últimas Notícias

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, foi aprovado nesta sexta-feira para o cargo de professor titular na Faculdade de Direito da...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Últimas Notícias

Mais de 400 kg de cocaína foram apreendidos em uma operação policial realizada na sexta-feira (12) na comunidade de Paraisópolis, zona sul de São...

Últimas Notícias

Os proprietários de veículos com placa final 3 têm até segunda-feira (15) para efetuar o pagamento da quarta parcela do IPVA 2024. Os contribuintes...

Últimas Notícias

Na noite de sexta-feira (12), o ex-mestre de bateria da escola de samba Renascer de Jacarepaguá, Paulo Silva Vieira de Araújo, conhecido como Mestre...

Brasil

Na manhã desta sexta-feira (12/4), a Polícia Civil e a Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social (Prodep) do Ministério Público...

Brasil

Uma investigação recente, conhecida como Operação Fim da Linha, foi conduzida contra duas empresas responsáveis pela operação de linhas de ônibus em áreas específicas...

Brasil

No ano passado, conforme o Relatório de Informações Penais da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), registrou-se um total de mais de 15 mil...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit