Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Haddad
Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil

Governo

Haddad busca respaldo parlamentar para projeto de Paulo Guedes visando a estabilidade dos bancos em risco

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, propôs uma medida para abordar questões bancárias que está entre as prioridades para aprovação do Congresso Nacional em 2024. O projeto de lei complementar 481/19, inicialmente introduzido durante a gestão do ex-ministro da Economia Paulo Guedes, está atualmente em espera na Câmara dos Deputados desde 2019, mas foi incluído na agenda de reforma microeconômica do governo atual.

A proposta visa alterar as regulamentações e o monitoramento do Banco Central (BC), da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e da Superintendência de Seguros Privados (Susep), com o objetivo de mitigar possíveis problemas econômicos durante crises bancárias.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A urgência na aprovação do projeto pela equipe econômica aumentou após a quebra dos bancos Silicon Valley Bank (SBV) e Signature Bank nos Estados Unidos, em 2023, reacendendo temores de uma nova crise financeira global, similar à ocorrida em 2008 com a falência do Lehman Brothers, banco que não foi resgatado pelo governo dos Estados Unidos.

Atualmente, o projeto está estagnado nas comissões, com a previsão de análise pelo colegiado de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio e Serviços.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O projeto de lei propõe a criação de dois regimes para auxiliar instituições financeiras em crise, tais como bancos, empresas de infraestrutura financeira, bolsas de valores e seguradoras. Esses regimes seriam o Regime de Estabilização (RE) e o Regime de Liquidação Compulsória (RLC). No momento de crises, o Banco Central atualmente recorre a medidas como intervenção, liquidação e o Regime de Administração Especial Temporária (RAET).

O texto do projeto detalha as diretrizes em mais de 150 artigos e estabelece as condições para aplicação dos regimes, incluindo situações como falência, exposição a riscos significativos para o patrimônio e violações repetidas das leis e regulamentos.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O RE será empregado principalmente em instituições de grande importância para a economia, cujo fechamento abrupto poderia causar problemas. Um administrador designado pela autoridade de resolução assumirá a gestão da situação e buscará uma solução privada para reabrir a instituição. Este regime prevê a suspensão dos direitos dos acionistas e a substituição dos administradores da instituição. Além disso, pode temporariamente suspender a cobrança de dívidas da instituição, exceto em casos específicos, como impostos.

Por outro lado, o RLC será utilizado quando não houver ameaças à estabilidade financeira. Um liquidante será designado para encerrar as operações da instituição, organizar os credores por ordem de prioridade e liquidar os ativos.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Outro aspecto do projeto diz respeito à responsabilização dos administradores das instituições financeiras. Atualmente, eles são responsabilizados apenas pelo período em que ocupam seus cargos pelas falhas nas instituições financeiras que gerenciam. A nova proposta também sugere que a responsabilidade possa ser aplicada caso os administradores ajam de forma inadequada, desrespeitando leis, regulamentos ou estatutos, ou se agirem de má-fé.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

frio brasil chuva

Brasil

O Brasil se prepara para receber a primeira onda de frio do ano, de acordo com a previsão divulgada pelo instituto de meteorologia Climatempo....

André Pedroni Motorista André Pedroni Motorista

São Paulo

Na tarde desta quarta-feira (22), o condutor do carro de luxo envolvido no atropelamento de um motociclista em Barueri, na Grande São Paulo, compareceu...

Brasil

Entre quinta-feira (23) e sexta-feira (24), a formação de um ciclone extratropical no oceano, próximo à costa gaúcha, irá acentuar o contraste térmico entre...

Brasil

A denúncia apresentada pelo Ministério Público à Justiça sobre o sequestro da advogada Anic Almeida Peixoto Herdy, de 55 anos, em Petrópolis, revela um...

Vídeos

Em um desabafo emocionado nas redes sociais na última segunda-feira (20), Alexandre Correa, ex-marido da apresentadora Ana Hickmann, acusou o jornalista Leo Dias de...

estudantes apanham na alesp estudantes apanham na alesp

São Paulo

Seis estudantes que se envolveram em tumulto na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) durante protesto contra o projeto de lei sobre a implementação...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Rio Grande do Sul

Brasil

As adversidades causadas por temporais e enchentes no Rio Grande do Sul desde 29 de abril resultaram em um total de 162 mortes, conforme...

Brasil

O casal da campanha AME Jonatas, Aline e Renato Openkoski, foi preso nesta quarta-feira (22) em Joinville, Santa Catarina, após condenação. Os réus foram...

Brasil

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou, nesta terça-feira (21), o projeto de lei que permite a implementação de escolas cívico-militares nas redes...

Prisao Prisao

Brasil

Uma mulher de 27 anos foi detida em flagrante na terça-feira (22) pela Polícia Civil local sob acusação de assassinar sua própria filha, uma...

vereadora Tainá de Paula vereadora Tainá de Paula

Brasil

Na noite de terça-feira (21), a vereadora Tainá de Paula (PT) passou por um momento de tensão ao ser alvo de uma tentativa de...

Brasil

No final da tarde desta quarta-feira (22), os moradores de Pelotas, no Sul do RS, foram surpreendidos por um forte temporal que resultou em...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit