Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

André Mendonça maconha
Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

Justiça

André Mendonça vota contra liberação do porte da droga para uso pessoal

Na tarde desta quarta-feira (06), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça, votou contra a liberação do porte de maconha para uso pessoal no Brasil. Em seu voto, o magistrado afirmou que a droga causa danos maiores do que o cigarro.

Mesmo com o voto de Mendonça, cinco ministros do STF já votaram a favor da liberação do porte de maconha para uso pessoal. Além de Mendonça, Cristiano Zanin também votou contra a liberação do porte.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Em seu voto, André Mendonça falou sobre diversos malefícios do uso da maconha pelo ser humano.

“Se fala em uso recreativo da maconha. [Mas] causa dano, e danos sérios e maiores que o cigarro. Ao mesmo tempo, entendo que isso é importantíssimo para melhor delimitarmos a quantidade, conforma a gradação dos riscos à saúde”, disse Mendonça “Entendo em síntese que a questão da descriminalização, que é o que estamos tratando, é uma tarefa do legislador. Vamos jogar para um ilícito administrativo qual autoridade? Não é para conduzir para a delegacia? Quem vai aplicar a pena, ainda que seja medida restritiva? Na prática, estamos liberando o uso”, prosseguiu.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“Mantém-se o crime. Esse é meu voto. Para considerar usuário, 10 gramas é admissível. Essa quantidade dá para fazer 34 cigarros . Se o sujeito sai de casa com 34 papeletes de maconha vai fumar maconha bastante durante o dia, mas considero razoável que não seja considerado traficante. Já 25 gramas, são 86 papeletes”, disse.

O julgamento do STF sobre o porte da maconha começou em 2015, mas foi interrompido diversas vezes para mais tempo para análise.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

De acordo com o STF, o Congresso Nacional despenalizou o porte de maconha para uso pessoal em 2006, quando aprovou uma lei que acabava com a possibilidade de o caso ser punido com penas privativas de liberdade, ou seja, de prisão.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

Destaques

Últimas Notícias

No último sábado (20), o concurso 2.715 da Mega-Sena trouxe uma surpresa para um apostador do Rio de Janeiro (RJ), que acertou as seis...

tiktok tiktok

Últimas Notícias

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos votou neste sábado a favor do projeto de lei que busca proibir o TikTok no país se...

Política

Neste sábado (20), enquanto gravava um vídeo próximo à praia na Barra da Tijuca, Jair Bolsonaro, político do PL, foi surpreendido por uma onda...

Carlos Teixeira Carlos Teixeira

São Paulo

As últimas palavras de Carlos Teixeira, o jovem de 13 anos que faleceu após ser agredido por colegas na Escola Estadual Júlio Pardo Couto...

Últimas Notícias

Nesta quinta-feira (18), o ministro Gilmar Mendes manifestou forte desaprovação em relação à possibilidade de abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) pela...

Israel Israel

Últimas Notícias

O Exército de Israel informou neste sábado que abateu dez terroristas durante uma operação que começou na quinta-feira à noite no campo de refugiados...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Voçorocas

Brasil

A cidade de Buriticupu, localizada no oeste do Maranhão, está enfrentando um aumento alarmante no medo e na insegurança devido ao avanço das voçorocas,...

idoso morto idoso morto

Brasil

A representante legal de Érika de Souza Vieira Nunes, sobrinha de Paulo Roberto Braga, conhecido como Tio Paulo, de 68 anos, que faleceu enquanto...

Brasil

A Secretaria de Assistência Técnica e Defesa Agropecuária (Sada), por meio da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Piauí (Adapi), identificou três focos...

Brasil

A Polícia Penal Federal realizou a prisão de um indivíduo neste sábado (20) nas dependências da Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia. O...

Brasil

Após receber uma carta escrita por Daniel Cravinhos durante um programa de televisão, Andreas von Richthofen, irmão de Suzane von Richthofen, declarou que não...

Últimas Notícias

O advogado de defesa de Marcelo Carrião, ex-apresentador de telejornal detido por tráfico de drogas em Santos, recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ)...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit