quarta-feira, 12 de maio de 2021

Especialistas de Oxford param de usar dados da OMS

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Our Wolrd In Data, uma organização da Universidade de Oxford anunciou que vai parar de utilizar os relatórios da Organização Mundial Da Saúde  (OMS) como base para suas pesquisas. O grupo afirma que os dados apresentados pela OMS estão incorretos.

“Planejávamos utilizar os dados da OMS como fonte, acreditávamos na organização internacional para avaliar a situação da pandemia. Os relatórios podem ser encontrados no site deles [OMS].

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Desde o dia 18 de março, se tornou impossível confiar nos dados que a OMS postou, sobre o crescimento da pandemia. A organização zerou o relógio de tempo no relatório do dia 58, causando uma interferência entre os relatórios 57 e 58, comprometendo todo os futuros relatórios.

Além disso encontramos outros diversos erros de informação nos relatórios e os reportamos para a OMS.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

A OMS é a “agência internacional responsável pela saúde pública mundial”. A Organização chegou a cometer dezenas de erros em seus relatórios entre fevereiro e março, uma errata foi divulgada, mas muitas das informações dos relatórios já estavam na mídia e muitas não foram corrigidas.

Por isso há um número crescente de teses que acreditam que o coronavírus (Covid-19) não é tão letal quanto os relatórios da OMS descrevem, já que os dados que eles apresentam estão equivocados, errados ou manipulados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

A OMS é uma organização dirigida por pessoas, está fadada a errar, mas estes relatórios estão sendo usados por líderes mundiais, para definir o futuro de seus países e da humanidade. É nesse momento que precisamos ter as informações mais concretas e verdadeiras sobre a pandemia do coronavírus, para o bem da cidadania mundial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos