segunda-feira, 19 de abril de 2021

Prefeitos do interior de São Paulo não devem acatar lockdown imposto por Doria

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Quando o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciava na tarde desta quarta-feira (04) que o Estado todo entrará na fase vermelha do Plano SP de combate à pandemia do coronavírus a partir de sábado (6), prefeitos conversavam em grupos de WhatsApp sobre o assunto. A informação é do UOL.

De acordo com o site, eles questionavam a decisão do governo de adotar medidas mais restritivas (lockdown) — na fase vermelha, apenas serviços essenciais, como mercado e farmácias, ficam abertos, mas com capacidade reduzida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

“Não ficou decidido nada neste sentido, apenas o aumento das restrições”, disse um prefeito ao UOL, que se manteve anônimo, ao comentar sobre a reunião que ocorreu por videoconferência entre Doria e gestores municipais.

Ao menos dois deles lembraram que, na reunião, foi solicitada ao governo estadual uma ação de restrição, mas não esperavam algo tão radical, e alguns temem a reação popular e de comerciantes. Em caso de não respeito às medidas estabelecidas pelo estado, a Justiça deve ser acionada pelo Governo Doria.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

O prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira (PSDB), mesmo sendo do mesmo partido de Doria, afirmou que não pretende acatar a decisão do governador e que irá expedir um decreto mais brando do que o do estado.

Em coletiva de imprensa no final da tarde, ele explicou que a cidade seguirá na fase vermelha, onde já está, mas com restrições diferentes em relação ao que foi determinado pelo governo estadual. A prefeitura vai liberar o comércio para funcionar em regime de delivery, e academias e salões de beleza continuarão funcionando. Sobre o toque de recolher a partir das 20h, o prefeito explicou que irá avaliar antes de tomar uma decisão — o governo estadual também não confirmou a medida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

O prefeito de Mirandópolis, Everton Sodario (PSL), se manifestou nas redes sociais minutos após o início da coletiva do governador tucano para anunciar as restrições.

“João Doria está avaliando decretar mais uma vez o fechamento total do estado de SP nos próximos dias. O que a gente gostaria de ouvir é que o João Doria está avaliando renunciar o cargo de governador e mudar de vez pra Miami”, escreveu.

Sodario já anunciou à sua equipe que quer resistir ao decreto e que somente irá fechar Mirandópolis se a Justiça determinar. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos