sexta-feira, 16 de abril de 2021

Pacheco: Gesto de Filipe Martins é ‘inapropriado no ambiente do Senado’; assista

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), disse durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (25), que o gesto feito pelo assessor especial do presidente Jair Bolsonaro  Filipe G. Martins, durante uma sessão da Casa ontem, é ‘inapropriado’ para o ambiente do Senado Federal.

“Vendo as imagens, nós identificamos um gesto inapropriado no ambiente do Senado Federal. Nós queremos aqui, uma vez mais, repudiar todo e qualquer ato que envolva racismo, ou discriminação de qualquer natureza”, disse o presidente do Senado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Pacheco disse que poderão ser tomadas providência por parte da Presidência do Senado a depender do resultado da apuração.

Filipe Martins foi acusado de fazer gesto considerado supremacista durante uma sessão do Senado Federal nesta quarta-feira (24). Ao se defender, Martins estava ajeitando a lapela do terno. Ele usou o Twitter, na noite de ontem, para justificar as imagens: “Mentes doentias enxergaram um gesto autoritário numa imagem que me mostra ajeitando a lapela do meu terno”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

“A oposição ao Governo atingiu um estado de decadência tão profundo que tenta tumultuar até em cima de assessor ajeitando o próprio terno. São os mesmos que vêem gesto nazista em oração, que forjam suásticas e que chamam de anti-semita o governo mais pró-Israel da história”, disse Martins.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Anne Viana
Anne Viana
Jornalista, editora de Política da Gazeta Brasil
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos