Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Moro Rogério Marinho Senado
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Política

Moro pede análise de ‘suspeição’ do novo juiz da Lava Jato e quer barrar envio de depoimento de Tacla Duran ao STF

O senador Sérgio Moro (União Brasil-PR) pediu ao juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, Eduardo Appio, que não despache mais em processos da extinta Operação Lava Jato até a análise do pedido de sua suspeição.

A apelação contra o magistrado foi feita por uma procuradora de Ponta Grossa, no interior do Paraná (PR).

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Moro também pediu para que Appio reconsidere a decisão de enviar ao STF as acusações feitas pelo advogado Rodrigo Tacla Duran contra ele e o Deltan Dallagnol (Podemos-PR).

Os pedidos do senador e ex-juiz da Lava Jato foram protocolados no bojo do processo em que Tacla Duran é réu por lavagem de dinheiro para a Odebrecht. O advogado admitiu em 2017 ter “emprestado” contas bancárias de suas empresas fora do Brasil para movimentar recursos da empreiteira.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Duran é apontado como operador financeiro da construtora em esquemas de corrupção.

O advogado foi ouvido por Eduardo Appio na segunda-feira (27) em audiência virtual. O novo juiz da Lava Jato intimou o advogado a depor depois de revogar uma ordem de prisão preventiva contra ele decretada por Moro em 2016.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Durante o depoimento, Duran alegou ter sofrido tentativas de ‘extorsão’ na Lava Jato em troca de facilidades para clientes.

Appio pediu à PF a abertura ‘urgente’ de um inquérito sobre as acusações de Duran. O advogado também foi colocado no programa de proteção a testemunhas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Moro pediu que Appio pare de proferir decisões nos autos de processos da Lava Jato até analisar o pedido de suspeição. O ex-juiz alega que seu sucessor deixou de cumprir a lei processual que estabelece a ‘precedência’ da chamada ‘exceção de suspeição’.

De acordo com o senador, o pedido deve ser analisado com prioridade, antes de Appio analisar quaisquer autos da Lava Jato.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Segundo Moro, tal prioridade visa ‘prevenir que atos processuais sejam ordenados por juiz suspeito’.

Na ação, Moro cita decisões proferidas por Appio em autos ligados à Lava Jato antes da análise da suspeição.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Com relação aos atos processuais envolvendo Duran, Moro diz que Appio fez uma audiência com o advogado com o ‘único propósito’ de ‘colher notícia crime requentada envolvendo parlamentares federais que atuaram no passado nos feitos da Lava Jato e em relação aos quais Vossa Excelência (o juiz) tem, reiteradamente, criticado’.

Moro diz que ‘não receia qualquer investigação’ – “mas a realização do ato revestiu-se de caráter inusitado”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Ainda segundo o documento de Moro, a prática de atos ‘extravagantes’ atribuídos a Appio e a ‘demora ilegal’ em apreciar a suspeição ‘apenas robustecem as preocupações do Ministério Público Federal que motivaram a exceção’.

Moro ainda argumenta que as alegações de extorsões são falsas e que análise das mesmas não é de competência do STF.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Negócios

O CEO da Tesla, Elon Musk, teve um terceiro filho com uma executiva da Neuralink, sua empresa de implantes cerebrais, de acordo com um...

Donald trump Donald trump

Mundo

O ex-presidente Donald Trump revelou neste sábado (22) aos repórteres que já tomou uma decisão sobre quem será seu companheiro de chapa nas eleições...

quina são joão quina são joão

Economia

Na noite deste sábado (22), a Caixa Econômica Federal realizou o sorteio especial da Quina de São João, um concurso que não acumula e...

Violência apartheid Lewandowski Violência apartheid Lewandowski

Brasil

O Ceará vive sob o terror de uma onda de violência que já deixou 12 mortos e 9 feridos desde a madrugada da última...

Mundo

O impacto de vários projéteis russos em uma área residencial na cidade de Kharkiv, no nordeste da Ucrânia, resultou na morte de pelo menos...

Mundo

Em meio à crescente tensão na fronteira entre Israel e o Líbano, o Exército israelense informou neste sábado que atacou um posto de observação...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

São Paulo

Um homem de 31 anos foi preso em flagrante na manhã da última sexta-feira (21) após ser flagrado transportando mais de 100 quilos de...

São Paulo

Na sexta-feira (21), a Polícia Civil desarticulou uma operação criminosa em um condomínio de luxo na cidade de Igaratá, interior de São Paulo. Doze...

Assessor da Prefeitura de Duque de Caxias Assessor da Prefeitura de Duque de Caxias

Brasil

Michel Laeber Estevão, conhecido como Xexéu e assessor da Prefeitura de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, foi vítima de um assassinato a tiros...

Aeroporto de Guarulhos Aeroporto de Guarulhos

São Paulo

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) suspendeu os efeitos da medida cautelar que limitava o número de voos no Aeroporto Internacional de São...

Brasil

O estudante Yoshinori Kubota Lima, 20 anos, cujo desaparecimento foi reportado desde a manhã de quarta-feira (19/6), foi encontrado sem vida pela Polícia Civil...

(Polícia Civil do Ceará) (Polícia Civil do Ceará)

Brasil

Uma onda de violência iniciada na madrugada de quinta-feira (20) em Viçosa do Ceará, a cerca de 360 km de Fortaleza, resultou na morte...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit