O ministro da Justiça e da Segurança Pública Sergio Moro, esteve recentemente nos Estados Unidos, que registram mais de 1.200 casos do Covid-19, e por conta do pânico que se instalou por conta da doença, determinou que sejam cancelados quaisquer eventos futuros nas instalações do prédio em que trabalha.  Até segunda ordem, também estão suspensas solenidades no Salão Negro do ministério, usualmente utilizado para o anúncio de medidas de governo e alvo constante de aglomerações de público.

Apesar das primeiras medidas para evitar o acúmulo de pessoas dentro do Ministério da Justiça, Moro ainda não fez os exames para avaliar uma eventual contaminação pelo Covid-19. 

O presidente Jair Bolsonaro também já realizou testes para detectar se pode ter sido infectado. Bolsonaro esteve no último fim de semana nos Estados Unidos, onde participou de reuniões com o presidente Donald Trump.

Moro também esteve nos Estados Unidos recentemente. Na sexta-feira, (6)o chefe da Justiça cumpriu agenda em Washington, onde participou de almoço com o Encarregado de Negócios da Embaixada do Brasil em Washington, Nestor Forster, e de reunião com o Procurador-Geral americano, William Barr.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram