Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Eleições 2020

Documentos mostram que TSE foi alertado para problemas de TI e falta de testes em totalização de votos

Relatórios internos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), obtidos pela Folha de S. Paulo, mostram que o TSE foi alertado sobre possíveis problemas no sistema de tecnologia da informação e para a falta de testes no sistema da totalização de votos.

Segundo o jornal, dez problemas no desenvolvimento e manutenção de softwares da Justiça Eleitoral foram listados por uma auditoria da Secretaria de Controle Interno do TSE.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A entrega de versão de software sem tempo hábil para testes, poucos interessados no desenvolvimento do sistema, falta de funcionários especializados e dificuldades em encontrar dados e informações são alguns dos problemas listados.

A comissão do TSE para analisar o processo eletrônico do pleito recomendou uma testagem do sistema de totalização de votos, mas a sugestão não foi acatada, segundo a Folha.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O primeiro turno das eleições municipais foi marcado por uma série de falhas tecnológicas e ocorreu um atraso inédito na divulgação dos resultados.

Técnicos do TSE passaram a semana testando o sistema para que as falhas não voltem a se repetir no segundo turno, que acontece neste domingo (29). A contagem, que antes era feita nos Tribunais Regionais Eleitorais, passou a ser centralizada em Brasília, o que gerou o atraso.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A Corte, que tem Luís Roberto Barroso como presidente, afirmou que “na medida em que reduz a quantidade de equipamentos e de softwares necessários para a realização desse procedimento” a segurança no processo seria ampliada.

A comissão avaliadora do Teste Público de Segurança (TPS) de 2019 produziu um relatório final em que chamava atenção de que o TSE não atendeu à recomendação de que os testes deveriam abranger os sistemas de totalização, operado por tecnologia fornecida pela empresa Oracle, e biometria.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Representantes do TSE, MPF, Congresso, OAB, Polícia Federal e acadêmicos compõem a comissão de dez integrantes.

De acordo com os documentos, o TSE respondeu a comissão alegando que a sugestão não tinha como ser aplicada, “haja vista que o sistema RecBU (Sistema Recebedor de Boletim de Urna) estava sendo reescrito para as eleições de 2020 e que só estaria disponível para o TPS 2021″.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O tribunal informou também à reportagem da Folha que os trabalhos de centralização da totalização dos votos das eleições [de 2020] impediram a reescrita do referido sistema [RecBU] na linguagem Java, permanecendo em linguagem PL/SQL.

O TSE ainda disse que para que o sistema de totalização “participe futuramente dos testes públicos de segurança, será necessário desenvolver uma solução que permita submeter sistemas na linguagem de programação adotada ao TPS”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Segundo o TSE, a centralização causou alterações nas rotinas do sistema de totalização.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Últimas Notícias

No domingo, o presidente do Irã, Ebrahim Raisi, e várias autoridades estavam a bordo de um helicóptero que fez uma “aterrissagem forçada” na região...

Brasil

 A noite deste domingo (19) foi marcada por mais tensão em Porto Alegre, que ainda luta contra os efeitos das enchentes que assolam o...

Netflix, “Ashley Madison Netflix, “Ashley Madison

Entretenimento

A plataforma de namoro para casados, Ashley Madison, sofreu um ataque cibernético massivo em 2015, que revelou os dados pessoais de 32 milhões de...

roque sbt roque sbt

Televisão

Gonçalo Roque, conhecido por sua longa trajetória como assistente de palco nos programas de Silvio Santos, foi hospitalizado neste sábado (18) após desmaiar durante...

Brasil

Um homem que vivia em um caminhão às margens do Guaíba, em Porto Alegre, foi assassinado a tiros na noite deste sábado (18). O...

Vídeos

Apesar das condições climáticas adversas, equipes de resgate iranianas se deslocaram para a fronteira com o Azerbaijão em busca do presidente iraniano, Ebrahim Raisi,...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

São Paulo

Um homem de 74 anos foi preso pela Polícia Militar por embriaguez ao volante após causar um acidente de trânsito na Rodovia Oswaldo Cruz...

Sem categoria

Dois homens, de 30 e 34 anos, foram detidos neste domingo (19) após furtarem doações destinadas às vítimas das enchentes no Rio Grande do...

iphone de argila iphone de argila

Brasil

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) aceitou a denúncia contra o influenciador e MC Daniel Augusto Bicalho Ferreira de Souza, suspeito de...

Brasil

A advogada e estudante de Psicologia Anic de Almeida Peixoto Herdy, de 55 anos, está desaparecida desde 29 de fevereiro deste ano. Da última...

bombas sabesp bombas sabesp

Brasil

Bombas de água enviadas pela Companhia de Saneamento Básico de São Paulo (Sabesp) entraram em operação neste domingo (19), no bairro Sarandi, na Zona...

PF abre inquérito para investigar Pablo Marçal, Eduardo Bolsonaro, Cleitinho, jornalistas e perfis nas redes sociais por supostas "fake news" sobre o Rio Grande do Sul PF abre inquérito para investigar Pablo Marçal, Eduardo Bolsonaro, Cleitinho, jornalistas e perfis nas redes sociais por supostas "fake news" sobre o Rio Grande do Sul

Brasil

O número de mortos devido às fortes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul aumentou para 157. A informação está no boletim da...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit