sexta-feira, 16 de abril de 2021

Ricardo Barros defende aprovação de proposta vista como ‘bomba’ pela equipe de Guedes

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Ricardo Barros Guedes

Na tarde desta terça-feira (22), o líder do governo na Câmara Ricardo Barros (PP-PR) defendeu a aprovação da PEC que aumenta recursos para o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de forma permanente.

Barros minimizou, no Twitter, o impacto da PEC para os cofres do governo, atropelando o discurso da equipe econômica de Guedes, que alertou ontem (21) para o risco da proposta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Uma conta que a preços de hoje, representa, uma perda de receitas de R$ 4 bilhões por ano e de R$ 43 bilhões em 12 anos.

“Mais Brasil e Menos Brasília. Este é o lema do Presidente Bolsonaro. A votação da PEC que da 1% a mais de FPM aos municípios impactará o orçamento 2021 em RS 700 milhões. Não é o melhor momento, mas está no DNA liberal do governo”, escreveu Barros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

O valor citado por Barros é menor do que a conta da própria equipe econômica, que estimou uma perda de R$ 1 bilhão em 2021.

Esse é o impacto previsto para o primeiro ano de vigência da proposta. Isso porque o aumento, segundo o texto, é feito em fases: 0,25% no primeiro e segundo anos; 0,5% no terceiro e 1% a partir do quarto ano.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

Depois da manobra do presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) de incluir a PEC na pauta de votação na última hora, a equipe de Guedes e lideranças do governo entraram em campo ontem para retirar a proposta, alegando risco para as contas públicas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos