Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Economia
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Economia

Ainda sem considerar enchentes no RS, governo eleva para 2,5% estimativa de crescimento do PIB em 2024

A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Fazenda aumentou a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para 2024, passando de 2,2% para 2,5%. As novas previsões foram divulgadas no Boletim Macrofiscal desta quinta-feira (16).

No que diz respeito à inflação, a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano subiu de 3,5% para 3,7%.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Essa estimativa está dentro da meta de inflação estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), que é de 3% com um intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo (variando entre 1,5% e 4,5%). Para 2025, a previsão de inflação aumentou de 3,1% para 3,2%.

Segundo a SPE, vários fatores contribuíram para a revisão das estimativas do PIB, incluindo o robusto crescimento das vendas no varejo e dos serviços prestados às famílias, o aumento na criação líquida de empregos e a expansão das concessões de crédito. Além disso, os sinais de recuperação do investimento, impulsionados pela expansão da construção civil e pelo aumento das importações de bens de capital, também foram determinantes.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

As exportações também desempenharam um papel importante na elevação das estimativas do PIB, com a alta recente do dólar favorecendo as vendas externas em 2024.

No que tange aos setores econômicos, a SPE destacou que a expansão projetada para os serviços compensou as revisões negativas nas estimativas de crescimento da agropecuária e da indústria. A previsão para a agropecuária passou de uma queda de 1,3% para uma queda de 1,4%, devido principalmente à redução nos prognósticos para a safra de soja e milho em 2024.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Por outro lado, a projeção de crescimento para a indústria em 2024 foi revisada de 2,5% para 2,4%, refletindo dados mais fracos observados no primeiro trimestre para a indústria extrativa e a produção de bens de capital. Em contrapartida, a previsão de crescimento dos serviços em 2024 aumentou de 2,4% para 2,7%.

A SPE ressaltou que as estimativas do PIB não consideram os impactos das enchentes no Rio Grande do Sul sobre a atividade econômica. A magnitude do impacto dependerá da ocorrência de novos eventos climáticos, do transbordamento desses impactos para estados próximos e do efeito de programas de auxílio fiscal e de crédito nas cidades afetadas pelas chuvas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Com um peso de cerca de 6,5% no PIB brasileiro, o Rio Grande do Sul deve registrar perdas principalmente no segundo trimestre, parcialmente compensadas nos trimestres seguintes. As atividades ligadas à agropecuária e à indústria de transformação deverão ser as mais afetadas a nível nacional, por serem mais representativas no PIB do estado do que no PIB brasileiro.

Em relação à inflação, a SPE destacou que a alta na estimativa para o IPCA se deve tanto ao aumento do dólar sobre os preços livres quanto aos impactos das fortes chuvas no Rio Grande do Sul sobre a oferta de alimentos in natura, arroz, carnes e aves. Segundo o boletim, o preço desses alimentos deve subir mais intensamente nos próximos dois meses, mas parte desse aumento deve ser revertida nos meses subsequentes, com a normalização da oferta.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), utilizado para ajustar o valor do salário mínimo e corrigir aposentadorias, deve encerrar este ano com uma variação de 3,5%, ligeiramente superior aos 3,25% divulgados no boletim anterior, em março. A projeção para o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), que inclui o setor atacadista, o custo da construção civil e o consumidor final, foi mantida em 3,5% para este ano.

Os dados do Boletim Macrofiscal serão utilizados no Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas, a ser divulgado no próximo dia 22. Publicado bimestralmente, o relatório traz previsões para a execução do Orçamento com base no desempenho das receitas e na previsão de gastos do governo, considerando o PIB e a inflação em alguns cálculos. Com base no cumprimento da meta de déficit primário e do limite de gastos do novo arcabouço fiscal, o governo pode bloquear alguns gastos não obrigatórios.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

real brasileiro

Economia

Nea segunda-feira (17), o real brasileiro ultrapassou o peso argentino por volta das 16h, tornando-se a moeda com pior desempenho entre os países emergentes...

RESUMO DO DIA

Dolar:5,44 Euro: 5,84 ✅Por Unanimidade, STF Aceita Denúncia Contra Acusados De Mandar Matar Marielle Franco CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO Por unanimidade, STF aceita...

câmara câmara

Política

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), incluiu na pauta de votações desta terça-feira (18) a chamada “PEC da Anistia”, que visa dar o...

STF Marielle Franco STF Marielle Franco

Justiça

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, negou o pedido para transferir o processo do assassinato da vereadora Marielle Franco e...

Putin visita Coreia do Norte pela 1ª vez em 24 anos; assista Putin visita Coreia do Norte pela 1ª vez em 24 anos; assista

Mundo

O líder russo Vladimir Putin chegou à Coreia do Norte nesta terça-feira (18) para sua 1ª visita em 24 anos ao país oriental. A...

recuperação judicial dinheiro economia recuperação judicial dinheiro economia

Economia

A Secretaria da Receita Federal publicou uma instrução normativa estabelecendo as regras para que as empresas declarem os valores dos créditos tributários utilizados para...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Noam Chomsky

Últimas Notícias

O  linguista e filósofo Noam Chomsky, de 95 anos, foi liberado nesta terça-feira (18/6) do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo. Segundo comunicado da...

Mãe é presa Mãe é presa

São Paulo

Na tarde desta terça-feira (18), a Polícia Militar prendeu em flagrante Rebeca Dias Ponciano, de 21 anos, por torturar seu próprio filho de cinco...

Brasil

A Prefeitura de Belo Horizonte sancionou e publicou nesta terça-feira (18) a lei que impede a nomeação de pessoas condenadas por crimes de preconceito...

Minas Gerais registra dois terremotos em menos de 11 minutos Minas Gerais registra dois terremotos em menos de 11 minutos

Brasil

O Observatório Sismológico da Universidade Federal de Brasília registrou dois terremotos na cidade de Frutal, em Minas Gerais (MG). Os tremores foram também detectados...

Mercado Público de Porto Alegre Mercado Público de Porto Alegre

Brasil

O Mercado Público de Porto Alegre, situado no centro histórico da cidade, retomou integralmente suas atividades nesta terça-feira (18), após a paralisação devido à...

Adolescente de 13 anos Adolescente de 13 anos

Últimas Notícias

Um adolescente de 13 anos esfaqueou dois colegas da mesma idade na Escola Municipal Governador Carlos Lacerda, no bairro Ipiranga, em Belo Horizonte (MG),...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit