quinta-feira, 22 de abril de 2021

Em post, Joice Hasselmann sugere que membros do STJ são corruptos

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Ex-aliada da família Bolsonaro, a  deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) disparou contra a decisão da  Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que anulou, por 4 votos a 1, nesta terça-feira (23), a quebra dos sigilos bancário e fiscal do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) no caso das ‘rachadinhas’. “Foram muitos cafézinhos”, escreveu a parlamentar, sugerindo articulações feitas pelo presidente Jair Bolsonaro com o STJ.

“Papai Bolso deu um jeito. Foram muitos cafézinhos, almoços e favores (nem tão “inhos” assim), e bingo!!! A impunidade segue correndo frouxa. O STJ por 4 votos a 1 começa a livrar a cara de Flávio rachadinha Bolsonaro. A quebra de sigilo foi anulada. Esse é o Brasil de BolsoLula”, escreveu a parlamentar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Votaram pela anulação os ministros João Otávio de Noronha, Reynaldo da Fonseca, Ribeiro Dantas e Joel Ilan Paciornik. O único voto contrário foi o de Felix Fischer. Os ministros entenderam que a decisão judicial que autorizou as quebras dos sigilos bancários e fiscal de Flávio Bolsonaro não foi devidamente fundamentada, como prevê a lei.

A turma iniciou o julgamento pela análise do recurso que questiona a quebra de sigilo de Flávio e outras 94 pessoas e empresas, em abril de 2019. Nesse ponto, o ministro João Otávio de Noronha concordou com as alegações da defesa de Flávio Bolsonaro, de que a decisão foi mal fundamentada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos