Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, prestou depoimento à Polícia Federal, em Brasília, nesta sexta-feira (29), no âmbito do inquérito que investiga ofensas e supostas Fake News contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

Weintraub foi recebido pela corporação na sede da pasta, na Esplanada dos Ministérios e preferiu utilizar o direito a permanecer calado.

Segundo O Antagonista, o ministro da Educação decidiu permanecer em silencio sob o argumento de que o inquérito do STF é inconstitucional.

Weintraub foi convocado a prestar depoimento por ordem do ministro Alexandre de Moraes, que conduz o caso na suprema corte. Ele foi chamado a explicar ofensas contra o STF ditas durante uma reunião no Palácio do Planalto no dia 22 de abril. “Eu, por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia, começando no STF”, declarou Weintraub.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram