O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, confirmou na manhã desta quarta-feira (26), o primeiro caso do coronavírus no Brasil. O homem de 61 anos está em isolamento domiciliar em São Paulo e esteve no norte da Itália entre os dias 9 e 21 de fevereiro. Há outros 20 casos suspeitos.

“O pronto atendimento e o padrão de excelência que foi dado no atendimento do hospital Albert Einstein foi digno de nota porque coletou o material e adotou o mesmo padrão excelência na PCR do Ministério da Saúde”, explicou Mandetta, durante coletiva de imprensa. “A partir dali começa o trabalho de localização de quais são os contatos próximos e eventuais. Os próximos são esposa, contato prologado, íntimo. Os contatos eventuais são pessoas q ficaram alguns instantes, alguns momentos c/ esse paciente”.

E mais:

“Agora que vamos ver como esse vírus vai se comportar no hemisfério sul, na situação de um país tropical, em pleno verão. Como vai ser o padrão de comportamento. É um vírus novo”.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram