Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

rede bancária

Mundo

EUA impõem sanções a rede bancária secreta que financiava o Exército do Irã e a Rússia

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou nesta terça-feira um pacote de sanções sobre uma “extensa rede bancária nas sombras”, composta por 50 indivíduos e empresas que favoreciam as operações do Exército do Irã. Todos os envolvidos dedicavam-se à venda de petróleo e produtos petroquímicos de Teerã, operando a partir de Hong Kong, Emirados Árabes Unidos ou Ilhas Marshall.

A Oficina de Controle de Ativos Estrangeiros de Washington detalhou que, por meio dessas manobras, o Ministério da Defesa e Logística das Forças Armadas do Irã e o Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica obtinham acesso ilícito ao sistema financeiro internacional – já que existem sanções contra esses atores – e, com esse dinheiro, financiavam armamentos para si próprios, para o Oriente Médio e para a Rússia, além de sustentar o funcionamento de grupos terroristas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Estima-se que, desde 2020, já tenham processado bilhões de dólares dessa maneira.

Com este anúncio, todas as empresas e indivíduos mencionados ficaram impedidos de acessar qualquer propriedade ou ativo financeiro que possuam nos EUA, e também não poderão realizar negócios com cidadãos ou empresas americanas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O vice-secretário do Tesouro, Wally Adeyemo, afirmou que essa decisão é mais uma prova de que a Casa Branca “continuará perseguindo aqueles que pretendem financiar as atividades terroristas desestabilizadoras do Irã”. “Continuamos trabalhando com aliados e parceiros, bem como com a indústria financeira mundial, para aumentar a vigilância contra o movimento de fundos que apoiam o terrorismo”, reforçou.

O regime iraniano é apontado como o principal impulsionador de milícias no Oriente Médio, incluindo Hamas, Hezbollah e os rebeldes houthis do Iêmen, além de estar ligado à guerra que a Rússia lançou contra a Ucrânia, através do envio de drones para seu aliado no Kremlin.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Em 2023, diversas investigações concluíram que Vladimir Putin havia estreitado seus laços com Teerã após o envio clandestino de vários drones de longo alcance, que posteriormente foram utilizados contra soldados e civis ucranianos. Entre essas peças, identificaram-se seis veículos aéreos não tripulados modelo Mohajer-6 – com um alcance de 200 quilômetros e a capacidade de carregar dois mísseis sob cada asa – junto com 12 drones Shahed 191 e 129 – também preparados para realizar ataques ar-terra.

Acredita-se que o número total de drones enviados supere dois mil.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Todos esses envios foram realizados em segredo, uma vez que a comunidade internacional mantém sanções sobre ambas as partes. Segundo reportou o The Guardian, a maioria das peças foi carregada por um navio iraniano em uma base na costa do mar Cáspio e, uma vez em alto mar, foram transferidas para um navio da Marinha russa. Outros, no entanto, foram carregados em um avião da companhia aérea estatal iraniana.

Por essas ações, a União Europeia também impôs sanções em 31 de maio, especificamente sobre o Ministro da Defesa de Teerã. “Mohammad-Reza Gharaei Ashtiani participa diretamente no programa de fabricação de veículos não tripulados iranianos para a Rússia, em apoio à sua guerra de agressão contra a Ucrânia”, declarou o bloco em um comunicado, nomeando ainda um comandante da Guarda Revolucionária e o Chefe da Organização de Indústrias de Aviação iraniana.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

(Com informações da AP e Reuters)

 

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Mundo

As autoridades americanas aumentaram a segurança em torno do ex-presidente Donald Trump nas últimas semanas após receberem informações de inteligência sobre um suposto complô...

Irã Irã

Mundo

Autoridades norte-americanas informaram à NBC News nesta terça-feira (16) que os Estados Unidos (EUA) haviam obtido informações recentes sobre um complô iraniano para assassinar...

CCJ Senado cassinos porte drogas CCJ Senado cassinos porte drogas

Política

Em entrevista à CNN Brasil na segunda-feira (15), o ministro do Turismo, Celso Sabino, disse que, uma vez sancionado o projeto de lei (PL) que legaliza...

Foragido de “saidinha” é preso após 4 crimes em 6 dias em Ribeirão Preto (SP) Foragido de “saidinha” é preso após 4 crimes em 6 dias em Ribeirão Preto (SP)

São Paulo

Na manhã desta terça-feira (16), a Polícia Civil prendeu um homem suspeito de envolvimento em pelo menos três sequestros-relâmpago e um roubo, ocorridos desde...

Brasil

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), emitiu uma decisão que proíbe encontros entre o ex-presidente Jair Bolsonaro e o deputado...

Ataque a mesquita em Omã deixa pelo menos seis mortos e 28 feridos Ataque a mesquita em Omã deixa pelo menos seis mortos e 28 feridos

Mundo

Pelo menos 6 pessoas foram mortas e outras 28 ficaram feridas em um tiroteio ocorrido em uma mesquita em Omã, um ato de violência...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Turista morre na Bahia após ter perna picada por inseto; hospital descarta ataque de aranha-marrom

Brasil

Cid Penha, que morreu aos 65 anos durante uma viagem à Bahia, era advogado, comentarista esportivo e estudante de Medicina. Ao g1, os amigos...

INSS INSS

Brasil

Nesta terça-feira (16), os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) entraram em greve por tempo indeterminado. A categoria reivindica a recomposição de...

São Paulo

Na manhã de segunda-feira (15), uma nova mortandade de peixes foi registrada no Tanquã, uma área de proteção ambiental conhecida como o mini pantanal...

UPBus UPBus

São Paulo

Nesta terça-feira (16), a Polícia Civil prendeu supostamente Ubiratan Antônio da Cunha, presidente afastado da empresa de transportes UPBus, investigada por suas conexões com...

Fuzil Anti-Drone Fuzil Anti-Drone

Brasil

Um homem foi preso em flagrante nesta segunda-feira (15) ao tentar burlar a lei e importar um fuzil anti-drone para o Brasil. O equipamento,...

aspirador de pó homem morre aspirador de pó homem morre

Brasil

Na noite de segunda-feira (15/7), um empresário de 31 anos morreu em Pedro Leopoldo, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG), após um aspirador...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit