Os EUA perderam neste mês de abril, 20,5 milhões de postos de trabalho, de acordo com relatório de emprego (Payroll) divulgado nesta sexta-feira (8).

O resultado ficou abaixo da estimativa do mercado, que era da perca de 22 milhões de empregos no mês passado, segundo a mediana das projeções dos economistas do mercado financeiro compilada em levantamento da Bloomberg.

Em março, os EUA haviam perdido 701 mil postos de trabalho, devido ao impacto econômico das medidas de isolamento social tomadas para conter a covid-19.

A taxa de desemprego subiu de 4,4% para 14,7%, taxa mais alta desde os anos 1940. A expectativa no consenso Bloomberg era de que o desemprego subisse a 16%.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram