CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ana Cristina e STF

A deputada federal Carla Zambelli disse que a morte de Ana Cristina, 25, que se curvou para proteger o filho e morreu após  ser baleada na noite desta quarta-feira (26), na Zona Norte do Rio “fica na conta do STF”. A declaração ocorre em porque o Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu operações policiais em favelas do Rio de Janeiro durante a pandemia de Covid-19.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja a declaração de Carla Zambelli sobre a morte de Ana Cristina:

“A morte de Ana Cristina fica na conta do STF, q proibiu ações da PMRJ nos morros, provocando nova guerra entre facções. Sinto muito a perda deste filho, que crescerá pensando como seria diferente sua vida se o STF não cometesse ativismo judicial.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE