CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ex-governador do Rio de Janeiro, o agora afastado Wilson Witzel (PSC), tentou marcar um encontro com o presidente Jair Bolsonaro nos últimos dois meses, segundo fontes ligadas a Witzel. A informação é da CNN Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A intenção dele seria evitar operações da Polícia Federal (PF) que envolvessem o governador e a esposa dele, Helena Witzel. Em contrapartida, Witzel ajudaria a arquivar processos do senador Flávio Bolsonaro no Ministério Público do Rio de Janeiro.

Em junho, Witzel fez aceno para retomar diálogo com Jair Bolsonaro ao dizer em entrevista à Rádio BandNews que esperava ser recebido pelo presidente.

A tentativa, no entanto, fracassou. Um segundo contato foi feito via assessoria e foi ignorado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE