Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Campos Neto
Foto: Lula Marques/Agência Brasil

Economia

BC só intervirá no dólar em caso de mau funcionamento dos mercados, diz Campos Neto

Nas últimas semanas, a incerteza econômica internacional aprofundou-se, o que tem comprometido a capacidade do Banco Central (BC) de prever os desdobramentos da crise, afirmou o presidente da instituição, Roberto Campos Neto, em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (18).

Ao lado do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, Campos Neto destacou que o BC só intervirá no mercado cambial em caso de disfunção nos mercados.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“O câmbio flutuante serve a um bom propósito. Nós achamos que, se você intervir contra algo que é estrutural, o que você faz é criar distorção em outras variáveis macroeconômicas. O câmbio flutuante serve a um bom propósito porque é um absorvedor de choques [econômicos externos]”, disse Campos Neto em Washington após reunião de ministros de Finanças e presidentes dos Bancos Centrais do G20.

Segundo o presidente do BC, há atualmente três cenários possíveis: a prolongação da incerteza, um retorno à normalidade após algumas semanas ou uma continuidade da turbulência externa que exigirá uma revisão das estimativas econômicas pelo mercado. Somente após uma definição, o BC poderá tomar medidas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Campos Neto observou que o mercado financeiro global está mais sensível aos dados econômicos dos EUA e às declarações dos dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), o que tem levado a um aumento do dólar nas últimas semanas. Isso ocorre em resposta ao aumento da demanda pelos títulos do Tesouro dos EUA, considerados investimentos seguros.

Ele ressaltou que o Brasil está em uma posição menos frágil do que outros países emergentes devido à força de suas contas externas, com um alto volume de dólares entrando no país por meio das exportações. No entanto, ele reconheceu que um dólar forte pode gerar reações nos bancos centrais ao redor do mundo.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Haddad destacou que o mundo foi pego de surpresa com a mudança de rumo do Fed, que pretende adiar o início do ciclo de redução de juros nos EUA para o segundo semestre devido à inflação mais alta do que o previsto.

Quanto ao futuro da taxa básica de juros, a Selic, Campos Neto afirmou que a decisão dependerá do nível de incerteza na economia global. Atualmente em 10,75% ao ano, a próxima reunião do Copom ocorrerá em 7 e 8 de maio.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Na quarta (17), Campos Neto mencionou que a manutenção da incerteza pode levar a um ritmo mais lento de afrouxamento monetário e até mesmo a uma nova alta nos juros nos próximos meses.

No contexto do mercado, esta quinta-feira foi marcada por estabilidade, com o dólar comercial encerrando a R$ 5,25, um aumento de apenas 0,12%. A bolsa de valores de São Paulo teve uma leve alta de 0,02%, após passar a maior parte do dia em queda.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

frio brasil chuva

Brasil

O Brasil se prepara para receber a primeira onda de frio do ano, de acordo com a previsão divulgada pelo instituto de meteorologia Climatempo....

André Pedroni Motorista André Pedroni Motorista

São Paulo

Na tarde desta quarta-feira (22), o condutor do carro de luxo envolvido no atropelamento de um motociclista em Barueri, na Grande São Paulo, compareceu...

Brasil

Entre quinta-feira (23) e sexta-feira (24), a formação de um ciclone extratropical no oceano, próximo à costa gaúcha, irá acentuar o contraste térmico entre...

Brasil

A denúncia apresentada pelo Ministério Público à Justiça sobre o sequestro da advogada Anic Almeida Peixoto Herdy, de 55 anos, em Petrópolis, revela um...

Vídeos

Em um desabafo emocionado nas redes sociais na última segunda-feira (20), Alexandre Correa, ex-marido da apresentadora Ana Hickmann, acusou o jornalista Leo Dias de...

estudantes apanham na alesp estudantes apanham na alesp

São Paulo

Seis estudantes que se envolveram em tumulto na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) durante protesto contra o projeto de lei sobre a implementação...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Rio Grande do Sul

Brasil

As adversidades causadas por temporais e enchentes no Rio Grande do Sul desde 29 de abril resultaram em um total de 162 mortes, conforme...

Brasil

O casal da campanha AME Jonatas, Aline e Renato Openkoski, foi preso nesta quarta-feira (22) em Joinville, Santa Catarina, após condenação. Os réus foram...

Brasil

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou, nesta terça-feira (21), o projeto de lei que permite a implementação de escolas cívico-militares nas redes...

Prisao Prisao

Brasil

Uma mulher de 27 anos foi detida em flagrante na terça-feira (22) pela Polícia Civil local sob acusação de assassinar sua própria filha, uma...

vereadora Tainá de Paula vereadora Tainá de Paula

Brasil

Na noite de terça-feira (21), a vereadora Tainá de Paula (PT) passou por um momento de tensão ao ser alvo de uma tentativa de...

Brasil

No final da tarde desta quarta-feira (22), os moradores de Pelotas, no Sul do RS, foram surpreendidos por um forte temporal que resultou em...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit