“Unidade é o cacete”, disse  o  ex-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) Ciro para Maria do Rosário durante 1º Congresso Nacional das Policiais Antifascismo, em Pernambuco na noite desta segunda-feira (27.

O ex-presidenciável queixou-se das críticas que recebeu da esquerda por ter dito que Lula estava preso, condenado em segunda instância. Segundo ele, “se não fizer uma defesa patológica do Lula, vai ser chamado de traidor”.

“Se não fizer uma defesa patológica do Lula, vai ser chamado de traidor” continuou Cirto

Maria do Rosário sugeriu que as vertentes da esquerda deveriam se unir, ao que ele replicou: “Eu conheço vocês, unidade é o cac***”.

“Quem não vê a realidade é louco, quem não vê a realidade é pirado. Eu conheço vocês. Unidade é o cacete”, declarou.

Vídeo: