segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Juiz manda Twitter excluir conta de jornalista que pediu enforcamento de Bolsonaro

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Justiça do Rio de Janeiro ordenou nesta quinta-feira (27) que a conta do escritor e jornalista João Paulo Cuenca no Twitter seja banida após ataque ao presidente Jair Bolsonaro. Em junho, ele disse que país só será livre quando “Bolsonaro for enforcado nas tripas do último pastor da Igreja Universal”. As informações são da Folha de S. Paulo.

Segundo a decisão é do juiz Ralph Machado Manhães Junior, da comarca de Campos dos Goytacazes, que acatou pedido de um pastor da IRUD em São Paulo, a publicação extrapola o direito de liberdade de expressão e “é ofensiva e incitatória à prática de crime ao incitar claramente a violência contra grande parte da população”. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em junho, o jornal alemão DW Brasil demitiu o jornalista João Paulo Cuenca após a publicação sobre a mortes dos “Bolsonaros” em rede social. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Últimos artigos