sexta-feira, 14 de maio de 2021

MPF dá 10 dias para Secom explicar críticas contra paródia de Marcelo Adnet

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

O Ministério Público Federal decidiu abrir o prazo de dez dias para a Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom), órgão da Presidência da República explicar uma sequência de tuítes em que critica o humorista Marcelo Adnet, que no mês passado parodiou uma campanha do Planalto. A solicitação foi enviada pela Procuradoria como forma de colher ‘informações preliminares’ para deliberar sobre a instauração de procedimento contra a pasta.

A campanha foi feita em comemoração ao dia 7 de setembro, dia da independência do Brasil. Ainda em seu pronunciamento na rede social, a Secom disse que “há quem prefira parodiar o bem e fazer pouco dos brasileiros”. No vídeo de Adnet, além da paródia à campanha estrelada por Frias, o humorista também satiriza Bolsonaro e Fabrício Queiroz, ex-policial militar investigado no caso das ‘rachadinhas’ no gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj.

 O vídeo do Adnet:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

 

Os tuítes da Secom:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

“Erramos. Acreditamos que seria possível unir todo o país em torno de bons valores e de bons exemplos. Afinal, ninguém é contra a bondade, o amor ao próximo, o sacrifício por inocentes, certo? Errado! Infelizmente, há quem prefira parodiar o bem e fazer pouco dos brasileiros.

Quando percebemos que em 05/09 se completariam 5 anos de um grande ato de sacrifício e doação ao próximo, amplamente conhecido mas pouco celebrado, resolvemos fazer uma série com os bons valores que moveram Francisco Erasmo a salvar uma refém que ele não conhecia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

Coincidentemente, a data é próxima ao nosso 7 de Setembro. Decidimos então fazer uma série única, sobre heróis brasileiros — primeiramente, heróis anônimos; depois grandes heróis nacionais. Em comum, além da bravura de seus atos, o fato de serem amplamente desprezados.

Começamos a série UM POVO HEROICO dia 3, quando estreamos com um belo vídeo protagonizado pelo secretário de Cultura Mario Frias, que ajudou também com o roteiro e até na produção. Tudo feito em casa, sem custos adicionais, só com o amor e a competência de servidores dedicados.

Não imaginamos que honrar um morador de rua que salvou uma desconhecida ou uma professora que morreu queimada para salvar dezenas de crianças causaria reações maldosas, carregadas de desprezo por brasileiros simples, mas imensamente bondosos.

De que adianta afetar bons sentimentos, falar em defesa do povo e coisas do tipo, mas na prática desprezar as pessoas reais, de carne e osso, que são exemplos para todos? De que adianta gritar que ama a humanidade, mas desprezar o ser humano?

Felizmente, estamos aqui falando de uma ínfima e desprezível minoria. Felizmente, a maioria reagiu com amor, emoção e gratidão. Recebemos mensagens lindas, até de familiares de homenageados. E honraremos a todos com uma publicação especial ao fim da série, na próxima sexta-feira.

Aos brasileiros de bem, imensa e esmagadora maioria, nosso muito obrigado e um pedido: compartilhem esses materiais com o máximo de pessoas possível. Nossa nação é feita de pessoas incríveis e seus exemplos eternos devem servir de inspiração a todos. Deus abençoe o Brasil.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos