terça-feira, 13 de abril de 2021

Parler, rede social de direita está de volta com ‘tecnologia independente’

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Parler, um serviço de mídia social popular entre os usuários de direita, que virtualmente desapareceu após invasão ao Capitólio dos Estados Unidos, foi relançado na segunda-feira (15) e disse que sua nova plataforma foi construída em “tecnologia independente e sustentável”.

Em um comunicado anunciando o relançamento, Parler também disse que nomeou Mark Meckler como seu presidente-executivo interino, substituindo John Matze, que foi demitido pelo conselho neste mês.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Parler foi derrubado depois de ser cortado por grandes provedores de serviço que acusaram o aplicativo de não policiar conteúdo violento relacionado ao ataque mortal de 6 de janeiro no Capitólio dos EUA por seguidores do então presidente dos EUA Donald Trump.

Apesar do relançamento, o site ainda não estava abrindo para muitos usuários e o aplicativo não estava disponível para download nas lojas móveis administradas pela Apple e pelo Google, de propriedade da Alphabet, que antes havia proibido o aplicativo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

Enquanto vários usuários rivalizaram com o Twitter para reclamar de que não conseguiam acessar o serviço, alguns outros disseram que podiam acessar sua conta existente.

Parler, que afirmou que já teve mais de 20 milhões de usuários, disse que traria seus usuários atuais de volta online na primeira semana e estaria aberto a novos usuários na próxima semana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

Fundado em 2018, o aplicativo se autointitulou como um espaço “voltado para a liberdade de expressão” e atraiu amplamente os conservadores dos EUA que discordam das regras sobre o conteúdo de outros sites de mídia social.

No mês passado, a Amazon.com suspendeu Parler de seu serviço de hospedagem na web, efetivamente colocando o site offline. Parler, na segunda-feira, disse que sua nova tecnologia cortou sua dependência da “chamada Big Tech” para suas operações.

Parler parece estar usando CloudRoute LLC como seu novo hospedeiro e substituído Amazon com a plataforma de software de código aberto Ceph, de acordo aqui para programador de computador anônimo “Bater override” que vai com o punho @donk_enby Twitter.

O programador, que se tornou famoso por catalogar quase todas as postagens de usuários em Parler desde o dia do motim do Capitólio, tuitou na segunda-feira que as contas de usuários ainda estavam lá na nova plataforma, mas postagens, imagens e vídeos foram apagados.

 

Parler e CloudRoute não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

“Parler é dirigido por uma equipe experiente e veio para ficar”, disse Meckler, que foi cofundador do Tea Party Patriots, um grupo que surgiu em 2009 dentro do movimento conservador do Tea Party e ajudou a eleger dezenas de republicanos.

Também é apoiado pelo investidor de fundos de hedge Robert Mercer, sua filha Rebekah Mercer e o comentarista conservador Dan Bongino.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos