O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira (30), em comissão mista da covid-19, que os governos da França e da Holanda são oportunistas no debate sobre meio ambiente. De acordo com ele, os países praticam o protecionismo comercial ao recusar os produtos agrícolas brasileiros com o argumento de que o Brasil queima as próprias florestas.

Para Guedes, a imagem do Brasil no exterior está ruim porque há esse “oportunismo” e porque os próprios brasileiros falam mal do país no exterior.

“Um exemplo é a França. Não posso falar isso como ministro de estado, mas a França eu sabia que ia criar caso porque é protecionista. Eles têm medo da nossa agricultura. Eles se protegem contra nós e argumentam que queimamos florestas para eles continuarem impedindo a entrada dos nossos produtos agrícolas lá. França e Holanda estão disfarçando velhas teses protecionistas, jogando uma pecha no Brasil independentemente de haver embasamento factual”, afirmou.

“Vamos cuidar do nosso meio ambiente, mas não vamos cair na armadilha de atacar o próprio Brasil protegendo interesses de outros países contra o Brasil. Nossa agricultura é eficiente, forte e alimenta o mundo. Mas eles querem se proteger e criam essa barragem de fogo dizendo que desmatamos e defendem que não entremos na corrente de comércio”, finalizou.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram