terça-feira, 20 de abril de 2021

Líder do Novo na Câmara defende que rede privada possa comercializar vacinas contra Covid-19: ‘Não é furar fila’

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Nesta segunda-feira (04), o líder do Novo na Câmara Paulo Ganime (RJ) defendeu nas redes sociais que a rede privada possa comercializar vacinas contra a Covid-19.

A declaração do parlamentar ocorre depois de a Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas (ABCVAC) anunciar que negocia 5 milhões de doses do imunizante Covaxin, produzido pelo laboratório indiano Bharat Biotech.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

De acordo com Ganime, a compra pela rede privada “não é furar fila, é criar uma fila nova que vai desafogar a fila principal”. “Eu também acharia errado se alguém pudesse pagar R$ 200 para furar fila e ter prioridade de vacinação na rede pública ou se isso tirasse vacinas que iriam para a rede pública. Mas, se vai vir de uma fonte diferente, não é furar fila, é criar uma fila nova, que vai desafogar a fila principal”, argumentou o deputado no Twitter.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

De acordo com a farmacêutica Bharat Biotech, na última fase antes da liberação para uso emergencial, o imunizante foi aplicado em 26 mil voluntários em 22 localidades da Índia. A empresa fornecerá 100 milhões de doses para o governo indiano, das 300 milhões que possui de capacidade produtiva.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos