Leonel Brizola (PSOL-RJ) apresentou um texto à mesa da Câmara Municipal do Rio de Janeiro prestando homenagem à ditadura da Coreia do Norte, e ao seu ditador, Kim Jong Un, informa o Globo.

“Por todo esforço de seu povo e de seu Máximo Dirigente, Excelentíssimo Senhor Kim Jong-un, na luta pela reunificação da Coreia e a necessária busca da paz mundial”, diz a Moção de Louvor e Reconhecimento, segundo o portal, datada do dia 29 de novembro.

As moções foram entregues ao embaixador do país, quando Brizola se reuniu com diplomatas da Coreia do Norte. 

A homenagem foi registrada no dia 10 de dezembro em despacho na KCNA, a agência estatal de notícias da Coreia do Norte, considerada a voz do regime. 

De acordo com a nota da agência estatal: “O Líder Supremo, Kim Jong Un, recebeu o certificado ‘Moção de Louvor e Reconhecimento’ da Assembleia (sic) da Cidade do Rio de Janeiro”, reiterando que o certificado é “concedido a pessoas que prestaram serviços distintos no Brasil”.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram