domingo, 18 de abril de 2021

Ex-governador de Goiás morre em ambulância por falta de leito de UTI

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Na noite desta quarta-feira (18), morreu o ex-governador de Goiás, Helenês Cândido. Ele tinha 86 anos de idade e testou positivo para a covid-19 no início do mês. O político faleceu na ambulância a caminho de Caldas Novas, onde teria um leito à espera dele.

Segundo familiares, no fim da quarta-feira, ele foi transferido para Caldas Novas, cidade onde havia sido liberado um leito na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) , mas o ex-governador morreu a caminho do hospital.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

A esposa de Helenês também testou positivo para o coronavírus, esteve internada, e já teve alta. Helenês Cândido também chegou a ser liberado para ir para casa, mas o quadro se agravou e ele teve que voltar ao hospital em 12 de março, quando foi intubado. A insuficiência renal agravou ainda mais o quadro do ex-governador.

Advogado por formação, ele foi deputado estadual por três mandatos e governador do estado de Goiás de 24 de novembro de 1998 a 1 de janeiro de 1999, pelo MDB. Helenês Cândido ficou no cargo em um período entre Maguito Vilela (MDB) e seu sucessor, Marconi Perillo (PSDB). Vilela, eleito em 2020 para ser prefeito de Goiânia, também morreu este ano vítima do novo coronavírus.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos