Os cartórios brasileiros registraram 166.657 no período de 1° de março a 3 de maio de 2020. De acordo com o Portal da Transparência dos cartórios, foram 166.657 óbitos registrados neste ano. Em 2019, foram 188.640 falecimentos, mil óbitos na referida data, uma diferença de quase 22 mil óbitos. Contudo, vale ressaltar que os números levam até 14 dias para serem atualizados dos cartórios.

A soma de óbitos pelo covid19, pneumonia, SRAG e insuficiência respiratória aumentou, no entanto, o número  não é expressivo.

O estados do Amazonas e Rio de Janeiro foram os únicos que registraram mais mortes no total, em comparação com o mesmo período de 2019. Entre as capitais, Maceió, Manaus, Fortaleza, Vitória, São Luis, Belo Horizonte, Belém, Recife, Rio, Porto Velho e São Paulo foram que tiveram aumento em relação ao ano anterior.

Imagem: Portal da Transparência

O gráfico abaixo apresenta o crescimento do número de registros de óbitos com suspeita ou confirmação de COVID-19, em todo o Brasil, desde o início de 2020. De acordo com dados, os recorde de mortos por dia até agora, foi registrado no dia 28 de abril, 442. Neste dia, o balanco realizado com as secretarias e o Ministério da Saúde, registrava nesta data 474 falecimentos

Foto: Portal da Transparência

Nos dois primeiros dias do mês de maio, os cartórios registram uma queda drástica no número de mortes, foram 97 falecimentos.

De acordo com o gráfico do Portal da Transparência, os cartórios apontaram no dia  1° de maio 75 óbitos. E no dia 2 de maio apenas 27 mortes.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram